sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

SANTA TERESA D'AVILA E A DEVOÇÃO A SÃO JOSÉ, PAI NUTRÍCIO E AMABILÍSSIMO!




SANTA TERESA D'AVILA E A DEVOÇÃO A SÃO JOSÉ, PAI NUTRÍCIO E 
AMABILÍSSIMO!

Tomei por advogado e senhor ao glorioso São José e encomendei-me muito a ele. Vi claro que, tanto desta necessidade como de outras maiores, de perder a honra e perder a alma, este pai e senhor meu me livrou melhor do que eu lhe saberia pedir. Não me recordo, até agora, de lhe haver suplicado nada que não tenha deixado de fazer.
É coisa que espanta (que maravilha) as grandes mercês que me tem feito Deus por meio deste bem-aventurado santo, dos perigos que me tem livrado, tanto de corpo quanto de alma. A outros santos parece que o Senhor lhes deu graça para socorrer em uma necessidade; a este glorioso santo tenho experiência que socorre em todas e que quer o Senhor dar-nos a entender que assim como esteve       submetido a ele na terra, que como tinha nome de pai – sendo custódio – podia mandar Nele, também no céu faz quanto lhe pedem. E isto o tem comprovado algumas pessoas, a quem eu dizia que se encomendassem a ele, também por experiência; e ainda há muitas que começaram a ter-lhe devoção havendo experimentando esta verdade.
Queria eu persuadir a todos para que fossem devotos deste glorioso santo, pela grande experiência que tenho dos bens que ele alcança de Deus. Não conheci pessoa que deveras lhe seja devota e faça particulares serviços, que não a vejamos mais adiantada nas virtudes porque muito aproveitam as almas que a ele se encomendam. Parece-me, já há alguns anos, que a cada ano, em seu dia, lhe peço uma coisa e sempre a vejo cumprida. Se o pedido segue meio torcido, ele o endereça para o meu bem.
Se fosse uma pessoa que tivesse autoridade no escrever, de bom grado me estenderia em dizer muito a miúdo as mercês que este glorioso santo tem feito a mim e a outras pessoas. Só peço, pelo amor de Deus, que o prove quem não me crê e verá por experiência o grande bem que é o encomendar-se a este glorioso Patriarca e ter-lhe devoção.
Pessoas de oração, em especial, sempre deveriam ser a ele afeiçoadas. Não sei como se pode pensar na Rainha dos Anjos, no tempo que passou com o Menino Jesus, e não se dar graças a São José pelo bem com o qual lhes ajudou. Quem não encontrar mestre que lhe ensine oração, tome este glorioso santo por mestre e não errará no caminho.
Santa Teresa d’Ávila,  Livro da Vida 6,6-8


MENSAGEM DE NOSSA SENHORA



"-Amados filhos Meus, Eu Sou a MÃE DE DEUS, Sou a THEOTOKOS, a vossa Mãe.

No começo deste novo ano que se inicia, Eu venho dizer-vos que SOU A MÃE DO NOVO TEMPO, do novo tempo de graça que Deus vos concede com o raiar deste novo ano.

Sou a Mãe do novo tempo de graça e por isso vos chamo a uma profunda conversão, a uma profunda mudança de vida e a verdadeiramente a reformulardes toda a vossa vida de acordo com a vontade de Deus, com a Sua Lei de Amor, com as Minhas Mensagens para que a vossa vida seja sempre mais o sinal do amor de Deus e do Meu amor no mundo, no meio dos homens e que vós sejais luz no meio de tantas trevas que agora desceram sobre a humanidade.

Sou a Mãe do novo tempo de graça e é por isso que vos chamo todos a uma urgente volta a Deus. Eu vim chamar o mundo à conversão pela ultima vez, depois que estas Minhas Aparições aqui em Jacareí terminarem não voltarei nunca mais a este mundo.

Por isso Meus filhos, esta é a última chance que Deus e Eu damos a toda a humanidade e a cada um de vocês, não lanceis fora a vossa salvação, não brinqueis com uma coisa tão séria como esta deste tempo de graça que Deus vos deu enquanto duram as Minhas Aparições aqui.

Enquanto estou aqui dando Minhas Mensagens ao mundo inteiro e também a vós posso ajudar-vos a converter-vos, a salvar-vos, posso aproximar-vos de Deus, posso sempre mais levar-vos até Deus. Tempo virá em que as Minhas Aparições cessarão e então aqueles que gritarem por Mim chamando-Me, a esses Eu não poderei mais ajudar, por eles Eu não poderei fazer mais nada porque o tempo da Misericórdia e da clemência já terá passado. Sabei portanto, reconhecer o tempo da Minha visitação e fazei como Santa Isabel, Zacharias e o pequeno João Batista fizeram, sabei exultar de alegria em Deus pela Minha presença aqui, sabei escutar a palavra que vos digo, sabei reconhecer Jesus, sabei reconhecer o Senhor que trago Comigo nas Minhas Aparições para dar-vos, para fazer reinar em vós e na vossa vida.

Acolhei-O! Aceitai-O! Amai-O! Segui-O! Escutai Minha voz materna que vos manda escancarardes as portas todas dos vossos corações para Cristo. Assim, verdadeiramente valorizareis a graça da Minha Aparição e presença aqui e verdadeiramente Me dareis aquilo que Eu vim do Céu procurar aqui e que há 20 anos não Me canso de pedir-vos: AMOR! Amor verdadeiro, amor sobrenatural, amor profundo em pura transformação por Deus e por Mim, pela salvação das almas e também por vós mesmos. Salvai vossas almas rezando, fazendo penitência, divulgando as Minhas Mensagens, pois ajudando-Me a salvar as almas dos outros predestinareis as vossas próprias almas ao Céu, à salvação.

Meus filhos, Sou a Mãe do novo tempo de graça que o Senhor vos deu com este novo ano e por isso quero prosseguir convosco na vossa conversão, quero prosseguir o processo da vossa santificação levando-vos sempre mais alto, sempre mais para perto do Senhor sempre para que vos torneis mais santos e mais idênticos ao Meu filho Jesus e a Mim. Para isso, peço-vos uma maior docilidade, uma maior confiança, uma maior entrega nas Minhas Mãos, uma maior renúncia de vós mesmos e do mundo de modo que vós possais ser instrumentos dóceis nas Minhas Mãos para que Eu realize em vós MeusPlanos de Salvação da humanidade.

Sou a Mãe do novo tempo de graça que o Senhor vos concedeu e é por isso que este ano vou derramar sobre vós como nunca as graças eficazes do Meu Coração Imaculado. E se vós cooperardes com a Minha graça, de vós ajudardes a Minha graça farei em vós verdadeiramente coisas extraordinárias.

Nestes tempos da grande apostasia, da grande tribulação em que as trevas do pecado, da maldade, da falta de fé, da perda da fé, da apostasia terminaram por recobrir o mundo inteiro e mesmo a Igreja que embora seja a única verdadeira, o único caminho da salvação, a Igreja católica, esta Minha filha está desfigurada, a Igreja está recoberta de chagas, porque muitos dos seus pastores e dos seus fieis já não rezam mais, não tem a verdadeira fé, assimilaram os erros do mundo que agora são ensinados e propagados como verdade, como um bem.

Nestes tempos em que tudo desmorona e se acaba Eu venho para chamar-vos a serdes os Meus filhos fiéis a serdes os Meus bons obreiros, os Meus bons trabalhadores que Comigo reedificam a Santa Igreja, defendem a santa fé católica, salvam as almas dos Meus filhos e conduzem todos eles para o refúgio seguro do Meu Coração Imaculado antes que escureça e termine de cair a noite da grande tribulação. Por isso, Eu vos envio Meus filhos, não as comodidades do mundo, mas à luta, aos trabalhos, à peleja pela salvação das almas que eu tanto amo e custaram todo o sangue do Meu filho Jesus. Para que assim, ajudando-Me a salvar estas almas tão preciosas Eu possa apressar no mundo a hora gloriosa e milagrosa do TRIUNFO DO MEU CORAÇÃO IMACULADO.

Confiança Meus filhos neste novo tempo de graça, neste novo ano que Deus vos dá, porque a vossa Mãe já tem tudo planejado e traçado, já tem o Seu plano vitorioso, exitoso, completamente traçado por Ela e pela Santíssima Trindade nos seus mínimos detalhes.

Não percais a esperança, não percais o ânimo e a confiança, segui em paz porque a Mãe do Céu sabe quantos fios de cabelo vós tendes até, sabe quantas vezes o vosso coração bate e não permitirá que o inimigo prevaleça sobre vós. Por isso meus filhinhos, segui adiante porque Eu estou convosco junto com Jesus e com José como o Meu filho vos prometeu até a consumação do mundo E POR FIM O MEU CORAÇÃO IMACULADO TRIUNFARÁ, porque na MinhaIMACULADA CONCEIÇÃO, no Meu SIM Eu já venci o mundo, eu já venci a Satanás.
A todos neste momento abençôo generosamente, deFÁTIMA, deKERIZINENe de JACAREÍ.

Ficai na Paz do Senhor. A Paz Marcos, o mais esforçado dos Meus filhos."





MENSAGEM DE SÃO JOSÉ

"-Amados filhos Meus, o Meu AMANTÍSSIMO CORAÇÃO vos abençoa hoje neste novo ano que nasce e vos dá a Paz. Não temais! O Meu Amantíssimo Coração está convosco, Ele é o vosso escudo, Ele é o vosso refugio e neste refugio vós sereis protegidos e defendidos de todo o mal.
Assim como Eu não falhei no cuidado com o MENINO JESUS e com a VIRGEM IMACULADA, os dois maiores Tesouros do Pai, Eu também não falharei convosco, que sois a raça bendita do Cordeiro de Deus e da Mulher vestida de Sol.
Vos guardarei, vos protegerei e defenderei sempre! E hojevenho chamardes a crescerdes mais no amor, na confiança e na docilidade para Comigode forma que a Minha Chama de Amor desça e triunfe poderosamente em vós.

A MINHA CHAMA DE AMOR DEVE DESCER E TRIUNFAR EM VÓS, neste novo ano que nasce e é por isso que vós deveis voltar-vos agora com todo o vosso amor para o Meu Coração Paternal, porque este Meu Coração quer derramar sobre vós as Suas Chamas de Amor, abrasando-vos sempre mais de amor pelo Senhor e fazendo-vos crescer nas virtudes e na santidade. Para tanto, quero o vosso sim total sem reservas ao Meu chamado de amor hoje, de forma que Eu possa acender hoje a Minha Chama para transformar-vos em tochas luminosas que clareie este mundo envolto em tantas trevas de pecado maldade, apostasia e ódio.

A Minha Chama de amor deve descer sobre os vossos corações e triunfar em vós e por isso Eu quero que intensifiqueis as vossas orações pedindo sempre mais a efusão da Minha CHAMA DE AMOR que preparará o Segundo Pentecostes que está cada dia mais perto de vós.
QUANDO A CHAMA DE AMOR DO MEU AMANTÍSSIMO CORAÇÃO CONHECIDA E PROPAGADA ENTÃO O SEGUNDO PENTECOSTES, A SEGUNDA DESCIDA DO ESPÍRITO SANTO OCORRERÁ PODEROSAMENTE NO MUNDO INTEIRO FAZENDO COM QUE TODAS AS ALMAS RESSUSCITEM PARA A GRAÇA DE DEUS, QUE OS DESERTOS SE TRANSFORMEM EM JARDINS FLORIDOS E BELOS E ASSIM O MUNDO TODO POSSA CONHECER UMA ERA NOVA, UM TEMPO NOVO DE PAZ, DE SANTIDADE E DE AMOR!

A Minha chama de amor deve descer e triunfar em vós e é por isso que vos peço que imiteis o amor que os Santos tinham por Mim, especialmente a Minha filha TERESA D’AVILA, ANDRÉ BESSETTE e tantos outros filhos Meus que Me amaram com tanta força e intensidade. De modo que por meio de vós Eu também possa realizar coisas admiráveis, possa converter muitos pecadores e fazer resplandecer no mundo sempre mais a glória que a Santíssima Trindade Me deu, para que assim os pecadores não tenham medo de se aproximar do Senhor por meio de Mim, porque Sou o Pai amoroso, misericordioso e doce e em Mim nada há de terrível, nem de severo, amo os pecadores e desejo levantá-los do lamaçal de pecados em que se encontram caídos, para isso estendo Minhas mãos mil vezes se for preciso a cada dia ao pecador que Me invocar, que Me chamar com confiança e que a Mim se entregar completamente pedindo-Me que o ajude a converter-se, a voltar ao Senhor.
O Meu Coração jamais rejeitará, jamais dirá não aquele que me pede: Meupai Amadíssimo José salva-me! Ao pecador que Me invocar mesmo que os seus pecados sejam mais escuros que a noite, se Me invocar com confiança e amor Eu não rejeitarei, não o abandonarei, mas o tomarei nos Meus braços como fazia com o Menino Deus e aí então o carregarei novamente para a casa do Pai, o reconciliarei com o Senhor e com a Virgem Santa, o limparei, curarei suas chagas abertas pelos seus pecados e lhe darei uma nova beleza e uma nova vida em Deus.
O Meu AMANTÍSSIMO CORAÇÃO vai derramar copiosamente a Sua chama DE AMOR sobre vós, tanto quanto vós Me abrirdes o coração e Me derdes acesso ao vosso coração. Por isso dilatai-o, abri-o largamente para Mim e neste ano derramarei tanto sobre vós a Minha CHAMA DE AMOR que vós vos fundireis com Deus como os metais se fundem no fogo.
Eu desejo levar-vos a uma santidade extrema, por isso quero o vosso sim, abro-vos a porta do Meu AMANTÍSSIMO CORAÇÃO que é e será sempre o vosso refúgio. Entrai nele e Eu vos guardarei, vos nutrirei, ensinarei e conduzirei sempre mais ao CORAÇÃO DE JESUS.
A todos, neste momento abençôo generosamente de Belém, de Nazaré e de Jacareí.
A Paz Meus filhos amadíssimos, ficai na paz do Senhor, Eu vos cubro com Meu Manto.”
REFORMOU A ORDEM DOS CARMELITAS (SEGMENTO FEMININO), COM AUXÍLIO DE SÃO JOÃO DA CRUZ (SEGMENTO MASCULINO)
Santa Tereza nasceu em Ávila, na Espanha, no ano de 1515. A educação que os pais deram a ela e ao irmão Roderico, foi a mais sólida possível. Acostumada desde pequena à leitura de bons livros, o espírito da menina  não conhecia maior  encanto que o da vida dos  santos mártires.   Tanto a impressionou esta leitura que, desejosa de encontrar o martírio, combinou com o irmão a fuga da casa paterna, plano que  realmente tentaram executar, mas que se tornou irrealizável, dada a vigilância dos pais. 
                                      A idéia e o desejo do martírio ficaram, entretanto, profundamente gravados no coração da menina. Quando tinha 12 anos, perdeu a boa mãe. Prostrada diante da imagem de Nossa Senhora,  exclamou: “Mãe de misericórdia, a vós escolho para serdes minha Mãe.  Aceitai esta pobre órfazinha no número das vossas  filhas”.  A proteção admirável que experimentou durante toda a vida, da parte de Maria Santíssima,  prova que esse pedido foi atendido. 
                                      Deus permitiu que Teresa por algum tempo, enfastiando-se dos livros religiosos, desse preferência a  uma leitura profana, que poderia  pôr-lhe em perigo a alma. Também umas relações demasiadamente íntimas com parentes, um tanto levianas, levaram-na ao terreno escorregadio da vaidade.  O resultado disto tudo foi ela perder o primitivo fervor, entregar-se ao bem-estar, companheiro fiel da ociosidade, sem entretanto chegar ao extremo de perder  a inocência. 
                                      O pai, ao notar a grande mudança que verificava na filha,  entregou-a aos cuidados  das  religiosas agostinianas.  A conversão foi imediata e firme. Uma grave enfermidade obrigou-a a  voltar para a casa paterna. Durante esta doença, percebeu o profundo desejo de abandonar o mundo e  servir a Deus, na solidão dum claustro. O pai, porém,  opôs-se a esse plano, no que foi contrariado por Teresa, que fugiu de casa, para se internar num mosteiro das Carmelitas, em Ávila. No meio do caminho lhe sobreveio uma grande repugnância pela vida religiosa, e por um pouco teria desistido da idéia. Vendo em tudo isto uma cilada do inimigo de Deus e dos homens,  seguiu resolutamente o caminho e ao transpor o limiar do mosteiro,  os receios e  escrúpulos deram lugar a uma grande calma e alegria no coração. 
                                      Durante o tempo do noviciado,  foi provada por outro relaxamento no fervor religioso que, aliás,  pouco tempo durou.  Deus mais uma vez lhe tocou o coração, mas de uma maneira tão sensível que Teresa, debulhada em lágrimas, prostrada diante do crucifixo, disse; “ Senhor, não me levanto do lugar onde estou,  enquanto não me concederdes a graça e fortaleza  bastantes, para não cair mais em pecado e servir-vos de todo coração, com zelo e constância”.  A oração foi ouvida e de uma vez para sempre, ficou extinto no coração de Teresa o amor ao mundo e às criaturas e restabelecido o zelo pelas coisas de Deus, do seu santo serviço. 
                                      Foi-lhe revelado que essa conversão era o resultado da intercessão de Maria Santíssima e  de São José. Por isso, teve sempre profunda devoção a S. José e muito trabalhou para difundir este culto na Igreja. 
                                      Profunda era a dor que sentia dos pecados cometidos e dolorosas eram as penitências que fazia, se bem que os confessores opinassem que nenhuma dessas faltas chegava a ser grave.   Em visões lhe foi mostrado o lugar no inferno, que lhe teria sido reservado, se tivesse seguido o caminho das vaidades. De tal maneira se  impressionou com esta revelação, que resolveu restabelecer a Regra carmelitana,  em todo o rigor primitivo. Esse plano, embora tivesse a aprovação do papa Pio IV,  a mais decisiva resistência encontrou da parte do clero e  dos religiosos. Teresa, porém,  tendo a intenção de agir por vontade de Deus, pôs mãos à obra e venceu.
                                      Trinta e dois  mosteiros (17 femininos e 15 masculinos) foram por ela fundados e outros tantos reformados.  Em todos, tanto no convento dos religiosos, como das religiosas, entrou em vigor a  antiga regra. São João da Cruz foi quem assumiu e escreveu as regras para o segmento masculino, a pedido de Santa Teresa.  
                                      Em sua biografia há capítulos ( os 11 e os seguintes), que dão testemunho da intensidade da  sua vida interior.  O que diz sobre os quatro degraus da oração, isto é, sobre o recolhimento, a  quietação, a união e o arrebatamento, é realmente aquilo que a oração da sua festa chama “pábulo da celeste doutrina”. Graças extraordinárias a acompanhavam constantemente como fossem: comunicações diretas divinas, visões, presença visível de Cristo.
                                      Um anjo traspassou seu coração com uma seta de fogo, fato este que a Ordem carmelitana comemora na festa da transverberação do coração de Santa Teresa, em 27 de agosto.
                                      Doloroso foi o caminho da cruz pelo qual a  Divina Providência a quis levar e não faltou quem lhe envenenasse as  mais retas intenções, quem em suas medidas de  reforma visse obra do demônio, e intervenção direta diabólica. A calma lhe voltou, quando em 1559, se confiou à direção de São Pedro de Alcântara.
                                      Não tardou que, em 1576, no seio da Ordem se levantasse uma grande tempestade contra a reforma. Veio a proibição de novas fundações, e Teresa viu-se obrigada a se recolher a um dos conventos.  Parecia ter-se declarado o fracasso da sua obra: Foi, quando interveio o rei Felipe II. A perseguição afrouxou só pouco a pouco e, em 1580, o Papa Gregório XIII declarou autônoma a província carmelitana descalça. 
                                      Esta obra sobre-humana não teria tido o resultado brilhante que teve, se não fosse a  execução da vontade divina e se Teresa não tivesse sido toda de Deus, possuidora das mais excelentes e sólidas virtudes, dotada de grande inteligência e senhora de profundos conhecimentos teológicos. 
                                      Santa Teresa teve o dom de  ler nas consciências e predizer coisas futuras, não lhe faltou a cruz dos sofrimentos físicos e morais. No seio das maiores provações, nas ocasiões em que lhe parecia ter sido abandonada pelo céu e pela terra, era imperturbável sua paciência e conformidade com a vontade de Deus. No SS. Sacramento, achava a forma necessária para a luta e para a vitória.
                                      Sob  o impulso de uma graça especial fez o voto de fazer sempre aquilo que a consciência lhe dizia ser o mais alto grau da vida mística. Os numerosos escritos, asseguraram-lhe um dos primeiros lugares entre os místicos.
                                      Oito anos antes de deixar este mundo, foi-lhe revelada a hora da morte. Sentindo esta se aproximar, dirigiu uma fervorosa ordem  a todos os conventos de sua fundação ao ou reforma. Com muita devoção recebeu os santos Sacramentos, e constantemente rezava jaculatórias sobre esta: “ Meu Senhor, chegou afinal a hora desejada, que traz a  felicidade de ver-vos eternamente.“ – Sou uma filha de Vossa Igreja. Como filha de Igreja Católica, quero morrer.”   - Senhor, não me rejeiteis a Vossa face. Um coração contrito e humilhado não haveis de desprezar”.
                                      Santa Teresa morreu em 1582, na idade de 67 anos. Logo após sua morte, o corpo da Santa exalava um perfume deliciosíssimo. Até o presente dia se conserva intacto.
                                      Seu coração, apresentando larga e profunda ferida, acha-se guardado num precioso relicário na Igreja das Carmelitas em Alba.




SITE OFICIAL:






SITES DIVULGADORES:



























CANAIS DE DIVULGAÇÃO:















Desde o dia 7 de fevereiro de 1991, há 20 anos, Nosso Senhor Jesus Cristo, Maria Santíssima, São José , o Divino Espírito Santo, os Anjos e os Santos, vem aparecendo diariamente em Jacareí, São Paulo, Brasil, às 18:30hs (hora de Brasília). Ela se apresenta como Rainha e Mensageira da Paz e faz um último apelo à conversão, através de um jovem: Marcos Tadeu, que no início das Aparições tinha 13 anos apenas. São as mais intensas Aparições da história de nosso país, e Maria Santíssima diz que são as últimas Aparições para a Humanidade. A Mãe de Deus pediu que fosse feita todos os dias, às oito horas da noite, a Santa Hora da Paz a fim de que as famílias se convertam e o mundo tenha Paz. Ela prometeu a Sua proteção às famílias que a fizerem todos os dias. Nossa Senhora diz que as Aparições de Jacareí e a de Medjugorje (ex-Iugoslavia) são a continuação e a CONCLUSÃO de Fátima.



AddThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...