quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

DIA DE SANTA APOLÔNIA - 09 DE FEVEREIRO - MENSAGEM DADA NAS APARIÇÕES DE JACAREÍ SAP BRASIL EM 23.03.2008 COMUNICADA AO VIDENTE MARCOS TADEU TEIXEIRA

JACAREÍ, 14 DE SETEMBRO DE 2008
MENSAGEM DE SANTA APOLÔNIA

VÍDEO:

https://youtu.be/WO2uSwDyzc0









JACAREÍ, 23 DE MARÇO DE 2008
CENÁCULO DO DOMINGO DE PÁSCOA
CAPELA DAS APARIÇÕES NO SANTUÁRIO DE JACAREÍ/SP
MENSAGENS DE NOSSA SENHORA E SANTA APOLÔNIA
Marcos: Para sempre sejam louvados JESUS, MARIA e JOSÉ!
MENSAGEM DE NOSSA SENHORA


"-Filhos Meus... Eu Sou a Mãe Jubilosa da Redenção!
No Domingo da Páscoa, o Meu filho JESUS mais brilhante que o Sol, apareceu diante de Mim no oratório, onde desde a sexta-feira Eu rezava recolhida e sofrida. E então com o Seu Divino Coração incandescente de amor, levantou-Me de onde Eu estava prostrada, beijou-Me e as Minhas Lágrimas de Sangue, que desde a sexta-feira fluíam sem cessar; transformaram-se em Lágrimas Luminosas de alegria, de gozo e de júbilo...
Com a Sua Mão, o Meu Divino filho JESUS retirou do Meu Coração, a Espada de Dor Nele encravada; beijou-Me, abraçou-Me e juntos transformamos-nos numa só flama de amor!
Alegrai-vos Comigo Filhos Meus, porque próxima está também a vossa ressurreição! Em breve quando o Coração de JESUS triunfar no mundo com o Meu Coração e o de JOSÉ no grande 2º PENTECOSTES, a Nossa Ressurreição será completa! Tereis paz! Sereis elevados a um alto grau de santidade, de amor e de pureza; proporcional ao grau e amor, de obediência e de docilidade que tiverdes agora para com as Minhas Mensagens...
A vossa santidade será tão grande, que mesmo os Santos Anjos ficarão encantados com ela!
Por isso convido-vos, a continuardes a Me seguir pela estrada da oração, da penitência, da perfeita correspondência à Minha vontade...
Todos os dias quero embelezar-vos, perfumar-vos, inundar as vossas almas das Graças eficazes do Meu Imaculado e puríssimo Coração.
Ficais firmes e atentos, o Meu Divino filho JESUS de um minuto para o outro rasgará o Céu e aparecerá sobre as nuvens com milhões e milhões de Anjos; e os que são Nossos serão tomados por seus Anjos da Guarda e conduzidos para bem juntos dos Nossos Sacratíssimos Corações; onde serão revestidos de beleza, de santidade, de paz e de felicidade indescritíveis e desconhecidas na terra...
Ficais firmes, pois somente os que forem fortes triunfarão...
A Minha filha APOLÔNIA vai agora dar-lhes também a Palavra do SENHOR, que é a Sua vontade salvadora para vós.
Sou-vos muito grata por terdes vindo aqui, Me consolar nesta semana da Minha Grande Dor...
A paz Meus filhos... Dou-vos hoje uma benção grande e abundante para que durante todo o ano ela vos acompanhe e esteja sempre convosco.






MENSAGEM DE SANTA APOLÔNIA
"-Irmãos caríssimos... Eu, Apolônia, serva de DEUS, serva de MARIA SANTÍSSIMA abençôo-vos hoje!
Como vós bem sabeis Sou a mártir do SENHOR, fui torturada e tive todos os Meus dentes arrancados com alicates por amor ao Meu JESUS; a quem havia Me consagrado e a quem amava de todo o Meu Coração, não desejando ser de mais ninguém a não ser do Meu JESUS e é claro, da sua MÃE SANTÍSSIMA que d'Ele é inseparável!
Dei a Minha vida, por amor a DEUS, porque Ele merecia que Eu lhe desse tudo e se outras mil vidas Eu tivesse, tantas quantas Eu teria dado por Teu amor.
E vós que fazeis? Tendes amado o SENHOR com todas as forças dos vossos corações? Ele tem sido o vosso verdadeiro, único e exclusivo amor? Já sabeis que fora de DEUS não tens licença de amar nada, só podeis amar as criaturas de DEUS, em DEUS e na medida predisposta por Ele. É assim que viveis? É assim o vosso amor? Ou ainda estais colocando a criatura no lugar do criador e adorando-a como se ela fosse DEUS?
Será que não estais colocando a vós mesmos, o que é muito pior, no lugar de DEUS para vos adorardes como se fosse a DEUS?
Eu vos chamo a uma conversão radical do vosso coração, colocando todas as outras coisas no seu devido lugar, ou seja; em último lugar... e colocando a DEUS e a MARIA SANTÍSSIMA no primeiro lugar!
Aqui nestas Aparições, devereis aprender o verdadeiro amor; devereis ser formados no amor de forma que vos torneis portanto, mais amantes de DEUS e da VIRGEM MARIA que o mundo jamais viu nem conheceu.
Para tanto do Céu Ela tem descido aqui todos os dias, vós estais aprendendo bem o ensinamento que vos é dado?
Tendes rezado para que a vossa inteligência se abra para compreender? Tendes rezado para que os vossos Corações se abram e se iluminem para entender e amar o que conheceis?
Aqui neste lugar o SENHOR preparou planos grandiosíssimos para cada um, que serão realizados mais ou menos de acordo com o grau do amor, da fé, do esforço e da obediência de cada um.
Sabeis que estais destinados a belas moradas, a altíssimos lugares no Céu; mas que só serão dados se vós corresponderdes aos desígnios d'Aquele que desde o alto de Seu Trono vos amou, vos escolheu, vos chamou e presenteou...
Estou convosco... para que consigais chegar gloriosamente à vitória de vossas almas no Céu!
Deveis invocar-Me a todo o tempo; deveis ter uma verdadeira vida de Comunhão e União Comigo e com os outros Santos do SENHOR...
A Nossa existência, a verdade da Nossa presença, não seja nunca para vós apenas idéia teórica; mas seja verdadeiramente: vida, união e laço de amor que une vossas almas Conosco.
Sou a vossa irmã maior, mais velha, crescida; que já está na plenitude da idade de CRISTO no Céu... Por isso sei como ajudá-los, posso ajudar-vos e quero ensinar-vos!
Sede Meus alunos dóceis! Aprendei de Mim que já consegui e conquistei a Coroa da Glória Eterna. Aprendei de Mim que Sou santa e pura de coração e sereis então; verdadeiros filhos de DEUS, muito amados por Ele; sua imagem, semelhança e espelho limpíssimo que pode refletir perfeitamente a santidade da VIRGEM MARIA...
Segui em frente, sem deixar que nada perturbe vossa paz! Viveis nos tempos mais maus de toda a história da humanidade, por isso o demônio muito vos atormenta; com sofrimentos, dificuldades, provações, com a solidão e a incompreensão do mundo. Mas não deveis prestar atenção a ele, nem às suas provocações, intimidações ou sugestões!
Triunfai dele mantendo os vossos olhos fixos na Estrela Celestial que é MARIA SANTÍSSIMA e não olheis para a matéria, para o pó da terra um instante sequer! Se não quiserdes tomar a forma ou semelhança do pó desta terra!
Mantende os vossos olhos fixos na Estrela Celeste, na Estrela da Manhã que é MARIA SANTÍSSIMA e sempre tereis em vós a semelhança das feições d'Ela...
Amo-vos a todos e hoje abençôo com a VIRGEM Gloriosa da Ressurreição...
Regressarei, voltarei aqui no mês de junho, no 2º Domingo para vos dar nova benção e novas recomendações que o ALTÍSSIMO aqui Me confiou. A paz!..."
9 de fevereiro - Dia de Sua Festa




Vida Santa Apolônia

Existia no ano de 248, na cidade de Alexandria, um célebre feiticeiro, que profetizava uma grande desgraça, de que a cidade seria vítima, se os adoradores dos deuses não resolvessem a exterminar os cristãos, que eram seus maiores inimigos. O povo deu crédito às predições do embusteiro, e abriu forte campanha contra os discípulos de Cristo.
                                                 Uma das vítimas da cruel e estúpida perseguição foi Apolônia, donzela conhecida na cidade e estimada pelas suas virtudes. Levada ao templo pagão e intimada a prestar homenagens às divindades, resolutamente se negou, dizendo: “Meu Deus é Jesus Cristo e só a ele adorarei. Enquanto tiver vida, minha língua louvará a Deus, meu Senhor”.
                                                 Os algozes pagãos ouvindo estas palavras, armaram-se de pedras e quebraram-lhe os dentes. Apolônia, horrivelmente machucada e sentindo fortíssimas dores, levantou os olhos ao céu, sem pronunciar uma palavra, sem soltar um só gemido. Em vista desta firmeza, os pagãos ameaçaram-na com a fogueira. Apolônia respondeu: “Como poderia trair aquele que meu coração escolheu, o meu Esposo, de quem é todo o meu amor? Não o farei. Antes sofrer morte crudelíssima e morrer mil vezes, que abandonar a meu Jesus”. Fizeram então os pagãos uma grande fogueira e puseram a donzela diante da seguinte alternativa: “Ou agora mesmo sacrificas aos deuses, ou te lançamos viva ao fogo”. Apolônia não respondeu, deteve-se um momento, como se quisesse deliberar alguma coisa e de repente, com um movimento brusco, desembaraçando-se das mãos dos algozes, se lançou ao fogo. As chamas consumiram-lhe inteiramente o corpo. Os cristãos procuraram depois os ossos da mártir e guardaram-nos com muito respeito. Em Roma foi construída uma igreja em honra de Santa Apolônia.
                                                 O nome da santa Mártir goza de grande veneração entre o povo cristão. Invocam-lhe a intercessão nos sofrimentos dos dentes.
                                                 A Igreja Católica não aprova o suicídio, ainda que os motivos sejam iguais aos que levou a mártir Apolônia a buscar a morte. Os Santos Padres, embora não justifiquem o suicídio de Santa Apolônia, nem tão pouco o propõe aos cristãos, como exemplo para imitar. Os mesmos Santos Padres explicam-no, supondo em Apolônia, uma inspiração superior e grande desejo de estar com Jesus Cristo, seu divino Esposo. O martírio de Santa Apolônia deu-se a 9 de fevereiro em 248 ou 249.

Reflexões:

                                                 A admirável constância na fé, que Santa Apolônia revelou no meio de bárbaras torturas e desumanos tormentos, teve sua fonte no amor a Jesus Cristo. Só o amor a Deus é capaz de dar ao homem força e coragem para fazer os maiores sacrifícios. O amor de Deus transforma o homem carnal e egoísta, e fá-lo esquecer as comodidades e prazeres da vida. A alma que tem amor a Deus, despreza a dor, o escárnio do mundo e procura unicamente agradar ao seu supremo Senhor.
                                                 Dores e tormentos, longe de serem consideradas uma desgraça para o homem, amigo de Deus, são por ele recebidos e aproveitados, como meios poderosos de desenganá-lo  cada vez mais do mundo e uni-lo ao Bem Supremo.  Eis a explicação da alegria dos mártires, fato estranhável que observamos nos heróis do cristianismo: em vez de seguirem o impulso natural do homem, que se entristece desespera na presença da morte iminente, mostram-se alegres e entoam hinos de louvores.
                                                 O modo por que Santa Apolônia pôs termo à existência não nos pode e nem deve servir de exemplo, para o imitarmos. Não é lícito a ninguém, nem aos próprios médicos, acelerar a morte, por mais inevitável que seja. Se os Santos Padres elogiam a coragem de Santa Apolônia, é por que razão  reconhecem  nesse proceder uma inspiração do Espírito Santo, e o impulso do  ardente amor a Jesus Cristo, a quem desejava confessar viva e morta.

AddThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...