sábado, 21 de abril de 2012

MENSAGEM DE SÃO CAIO - 02.01.2011 - COMUNICADA AO VIDENTE MARCOS TADEU TEIXEIRA - FESTA DO SANTÍSSIMO NOME DE JESUS - CAPELA DO SANTUÁRIO DAS APARIÇÕES DE JACAREÍ - SP - BRASIL

DIA DE SÃO CAIO 22 DE ABRIL


VÍDEO:



JACAREÍ, 2 DE JANEIRO DE 2011
CAPELA DO SANTUÁRIO DAS APARIÇÕES DE JACAREÍ/SP
FESTA DO SANTÍSSIMO NOME DE JESUS
MENSAGEM DE SÃO CAIO
COMUNICADA AO VIDENTE MARCOS TADEU TEIXEIRA

Marcos: "-Para sempre sejam louvados! (Pausa) Quem é o Senhor belíssimo Príncipe do Céu?

SÃO CAIO - 28º PAPA
MENSAGEM DE SÃO CAIO
"-Amados irmãos Meus! Eu, CAIO, servo do Senhor, servo de Maria Santíssima, servo de São José, servo da verdade e da graça, vos abençôo hoje e dou a paz!
Segui as pegadas de Cristo, pelo caminho do amor, pelo caminho da santidade, da verdade, do bem e da graça, fazendo sempre mais da vossa vida uma cópia perfeita da vida de Cristo. Para que vós, assim, possais ser sinal Dele e como que uma continuação Dele na Terra, irradiando a todos a luz do Seu divino Amor, a luz da graça que vence o pecado, a luz da vida que vence a morte e as trevas infernais.
Segui as pegadas de Cristo, fazendo sempre mais de vossa vida um continuo renunciar-se a si mesmo, para que não sigais os apetites desordenados das vossas paixões, das vossas inclinações humanas e naturais e a busca pela satisfação imediata dos prazeres sensíveis. Mas para que vós, verdadeiramente, mortificados, mortos para si mesmos, para o mundo e para as coisas passageiras desta Terra, possais viver sempre mais em busca da graça divina, da santidade, do amor de Deus, do cumprimento da Sua Vontade Santa. E sempre mais em busca de conhecê-Lo, amá-Lo para que possais unir-vos com Ele pelos laços eternos e indissolúveis do verdadeiro amor.
Segui as pegadas de Cristo, carregando a vossa cruz a cada dia da vossa vida, fazendo sempre mais do vosso dever um ofertório a Deus, oferecendo a Ele todos os sofrimentos por vós suportados com paciência, em ato de expiação pelos pecados que Ele é ofendido e também para suplicar a conversão dos pecadores e dos maus. Para que assim, seguindo as pegadas de Jesus Crucificado, vós também como Ele, o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo possais ajudar a tirar o pecado do mundo a purificar a Terra de tantos males e a fazer brilhar para este mundo a luz da graça, da paz e da salvação.
Segui as pegadas de Cristo, imitando a SANTÍSSIMA VIRGEM e SÃO JOSÉ, que foram os que seguiram as pegadas de Cristo com a maior perfeição possível ao uma pura criatura. Para que vós, seguindo com passo decidido e firme pelo caminho, pelo rastro que Eles vos deixaram possais a cada dia mais progredir no exercício de todas as virtudes, no crescimento do verdadeiro amor sempre mais idôneos e idênticos à missão que Deus vos chamou, para qual Deus vos chamou e cada vez mais semelhantes a CRISTO.
Segui as Nossas pegadas, as Nossas, dos Santos, que Nós vos deixamos como sinais luminosos para que vós possais seguir e não vos perderdes, nem errardes o caminho. Se seguirdes Nossas pegadas, chegareis seguramente à casa do PAI, onde Ele vos espera com o Seu Amor Divino e Eterno para vos tornardes felizes ao lado Dele e Nele para sempre.
Segui as Minhas pegadas, pois Eu dei a Minha vida por CRISTO. Eu Me ofereci a Ele, para glorificá-Lo com a Minha existência inteiramente oferecida em Seu louvor e em Sua honra.
Segui Minhas pegadas e Eu vos conduzirei seguramente pelo caminho da santidade e vos farei chegar naquela Glória indescrítivel e naquela Luz incompreensível à toda a inteligência humana, onde eu vivo e reino com CRISTO por toda a eternidade.
A todos neste instante, com amor abençôo.”



DIA DE SÃO CAIO 22 DE ABRIL

 (Pontificado  283 a 296)

São Caio  era  parente do imperador  Dioclesiano e  procurava  por muito tempo os  esconderijos  das catacumbas, para assim, atender às necessidades  dos Cristãos. 
Sabemos que o imperador  Dioclesiano foi um perseguidor implacável do  cristianismo e muitos, durante o seu governo,  foram  martirizados por  defenderem e perseverarem na  religião de Cristo.  Sabendo que a perseguição  crescia  de  maneira assustadora,  o nosso grande Papa  São Caio chegou a aconselhar alguns cristãos refugiados  na casa de campo  do prefeito Cromâncio, de Roma , recém convertido,   para que se retirassem da cidade  antes da tempestade se desencadear, pois  sabia que muitos  destes cristãos se sentiam com pouco ânimo de sofrer o martírio.  O mesmo conselho deu a  São Sebastião. Este, porém,  nada disto quis saber e declarou preferir  ficar em Roma, para animar e  defender os irmãos  nas grandes aflições. Diante disto o Papa  Caio disse-lhe:  " Pois  bem , meu filho.   Fica  na  arena da luta,  representando o defensor da Igreja de Cristo, sob o título de  capitão imperial".   Logo em seguida,  o "capitão  imperial"  severamente coagido, não abjurou à fé, recebendo a coroa do martírio.  
Reflexões:
O martírio representa em grau elevadíssimo a verdadeira prova de amor  a Jesus  Crucificado e  à Santa Igreja. Mas  certamente nossos  santos mártires provavelmente o definem simplesmente assim:  " Se Cristo morreu por mim,  minha obrigação mínima é morrer  por Ele e por Sua Igreja, e nisto nenhum mérito tenho".   Entretanto,  mesmo sabendo que jamais  devemos renegar a fé, mesmo que para  isso tenhamos  de  sacrificar a  vida, nossa composição carnal é extremamente  fraca, e por isto os Santos Mártires tiveram de  contar  com a graça de Deus, força absoluta neste momento crucial.   Conhecendo esta  fraqueza, nosso Papa São Caio,  no ápice da perseguição  aos cristãos,  aconselhou-os  a retirar-se da  cidade de Roma, convicto de que alguns  deles tinham  pouco ânimo  para enfrentar  com galhardia  e coragem uma prova tão grande.  Mas diante  da coragem  de  São Sebastião,  encoraja-o, firmando-lhe a honra de  "defensor da igreja de Cristo" sob o título de  "capitão imperial".  
Se da mesma  forma,  formos fracos para enfrentar situações semelhantes,  peçamos  a Deus a graça de cumprir pelo menos as mínimas:  A Missa aos Domingos, a Confissão,  penitências, jejuns,  renúncia  aos prazeres mundanos, desapego aos  bens  terrestres e fiel cumprimento  dos Mandamentos de  Deus  e  da Igreja.  
Ora, se alguém for  indiferente neste mundo a tão ínfimas  exigências,  no dia  do Juízo, quando estiver ao lado de  um Santo Mártir e comparar a história deste com a sua, como se sentirá?  Certamente um "servo mau e preguiçoso".  Cumpramos, portanto,  enquanto caminhamos no mundo,  os preceitos mínimos da Santa Madre Igreja, com o máximo empenho.    
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis