Jul 6, 2012

06 DE JULHO - ANIVERSÁRIO DAS APARIÇÕES DE AKITA - JAPÃO 1973

AKITA - Japão - 1973
Nossa Senhora
de
Akita





MARIA SANTÍSSIMA EM AKITA, JAPÃO (1973-1975)
"A ação do maligno infiltrar-se-á na Igreja de tal maneira, que poderemos ver Cardeais opondo-se a Cardeais, bispos contra bispos. Os sacerdotes que Me veneram serão depreciados, e os seus confrades se lhes oporão... Igrejas e altares serão saqueados, a Igreja ficará cheia dos que aceitam compromissos e o demônio pressionará muitos sacerdotes e almas consagradas para que abandonem o serviço do Senhor"
Palavras de Maria Santíssima à Irmã Agnes, em Akita, Japão.
A manifestação de Maria Santíssima em Akita, Japão, tem sua singularidade por reafirmar inúmeras outras mensagens marianas, como as de La Salette e Fátima, por exemplo, e sobretudo, por ter recebido aval da Igreja em tempo curtíssimo.

Causas das lágrimas de Maria

Irmã Agnes
Irmã Agnes Katsuko Sasagawa

A Santíssima Virgem retoma sua advertência sobre o trabalho de Satanás infiltrado na Igreja e de tal maneira que iremos ver cardeais opondo cardeais e bispos contra bispos. Também alerta que os padres que veneram a Maria Santíssima serão ridicularizados e perseguidos por seus próprios confrades.
Ela ainda dverte que o demônio será especialmente implacável contra almas consagradas a Deus. Lamenta o pensamento da perda de muitas almas como sendo a causa de Sua grande tristeza maternal.
Particularidades dessa manifestação do Céu chamou a atenção do Bispo de Akita, como a coincidência da data desta revelação com a mesma da sexta aparição em Fátima, aquela do terceiro segredo, isto é, 13 de outubro.

Um pequeno detalhe que convenceu o bispo John Ito, de Akita, sobre autenticidade da mensagem

Irmã Agnes
A mensagem de Akita apresenta aquelas mesmas palavras: "cardeais contra cardeais e bispos contra bispos", entre outras previsões de catástrofes mundiais anteriormente anunciadas por Maria Santíssima

Por este e outros movitos o Bispo John Ito, considerou esta revelação como o terceiro segredo de Fátima.
Como sempre houve pessoas que levantaram a objeção contra a autenticidade da revelação de Akita, com a suposição de que a Irmã Agnes teria lido o texto de vazamento de uma parte do terceiro segredo, publicado em 15 de outubro de 1963 pelo jornal católico alemão Neues Europa de Stuttgart.
Esse texto, assinado por um especialista em Fátima: L. Heinrich. teria sido entregue ao jornal alemão por um clérigo do Vaticano. O texto não foi desmentido.
Muito difundido, a mensagem apresenta aquelas mesmas palavras: "cardeais contra cardeais e bispos contra bispos", entre outras previsões de catástrofes mundiais.
Mas aconteceu um pequeno fato que levou o Bispo de Akita a excluir tal possibilidade: a Irmã Agnes é monoglota e logo após ter recebido a mensagem foi perguntar ao bispo o que significava a palavra cardeal que ela ouvira de Nossa Senhora.
A única palavra não japonesa era exatamente esta que ela ignorava.
Com esse detalhe, o bispo compreendeu que ela no Japão nunca teria lido um texto japonês com essa palavra estrangeira, mas com o termo sukikyo, que a Irmã aprendera no catecismo.

Uma voz vinda da estátua da Bem-aventurada Virgem Maria

Nossa Senhora de Akita
Imagem em madeira de Maria em Akita

Em 28 de junho de 1973, na cidade de Akita, Japão, uma ferida em forma de cruz apareceu na palma da mão esquerda da Irmã Agnes.
A ferida sangrou abundantemente e causou-lhe muita dor.
Em 6 de julho a Irmã Agnes ouviu uma voz vinda da estátua da Bem-aventurada Virgem Maria na capela onde ela estava rezando.
A estátua, que agora se apresentava viva e com uma luz radiosa à vidente, fora esculpida de um único bloco de madeira de uma árvore Katsura e tem um metro de altura.
A Virgem Santíssima falou com a Irmã Agnes e lhe deu uma mensagem.

Os fenômenos na imagem da Virgem de Akita

Akita
A imagem da Virgem chorou 101 vezes

No mesmo dia, algumas das irmãs notaram gotas de sangue fluindo da mão direita da estátua.
Em quatro ocasiões este ato de escorrimento de sangue se repetiu.
A ferida na mão da estátua permaneceu até 29 de setembro, quando desapareceu.
Em 29 de setembro, o dia em que a ferida na estátua desapareceu, as irmãs perceberam que a estátua agora tinha começado a 'suar', especialmente na testa e pescoço.
A análise científica fornecida pelo professor Sagisaka da Faculdade da Medicina Legal da Universidade de Akita confirmou que o material coletado são provenientes de um ser humano, e o suor, e o sangue reais.

Orações e curas imediatas diante da imagem

A irmã Agnes tinha também um estigma na palma direita.
Uma mulher coreana com câncer terminal do cérebro recebeu cura imediata ao rezar ante a estátua, em 1981.
O milagre foi confirmado pelo Dr. Tong-Woo-Kim do hospital do St. Paul em Seoul e do Pe. Theisen, presidente do tribunal eclesiástico do Arquidiocese de Seoul.
O segundo milagre foi a cura completa do quadro de total surdez da própria irmã Agnes.

Luz brilhante que vem do tabernáculo

Santíssimo

Esses eventos milagrosos começaram nos dias 12 a 14 de junho de 1973 e sucederam-se do seguinte modo.
A irmã Agnes viu uma luz brilhante vir do tabernáculo.
Na quinta-feira, 28 de junho, festa do Sagrado Coração, irmã Agnes viu outra vez uma luz ofuscante em meio a hóstia consagrada.
E entre raios de luzes, uma multidão de anjos que cercavam o altar em adoração ante o anfitrião. 

Ao rezar na capela, irmã Agnes sentiu como se algo perfurasse a palma de sua mão esquerda

Akita
Na vila japonesa de Akita, uma estátua da Maria Santíssima, de acordo com o testemunho de mais de 500 cristãos e não-cristãos, incluindo o prefeito da cidade, budista, exalou sangue, suor e lágrimas

Na noite, um outro evento misterioso ocorreu. Ao rezar na capela, irmã Agnes sentiu como se algo perfurasse a palma de sua mão esquerda.
No centro da palma, havia dois riscos vermelhos no formato de uma cruz. A dor tornou-se cada vez mais intensa ao passar dos dias.
Este fenômeno retornava a cada semana, e o Bispo Ito ele mesmo o testemunhou.
Na noite de quinta-feira, a ferida ainda estava dessecada, mas começou a inchar na parte superior, riscando novamente o formato da cruz sobre a pele.
Na manhã de sexta-feira, o sangue flui e impregna as bandagens de gaze. Na manhã de sábado, a ferida para de sangrar e torna-se seca outra vez. Este fenômeno durou todo o mês inteiro de julho.

Seu Anjo Guardião lhe disse: "As feridas de Maria são muito mais profundas e dolorosas do que a sua"

Akita
Em Akita, na Capela das Irmãs Servas da Eucaristia

No dia 6 de julho, seu anjo Guardião apareceu à irmã Agnes, e lhe diz:
“Não tema. Eu sou o que está sempre com você e cuida de você. Não tema. Reze com fervor não somente por causa de seus pecados, mas pela reparação dos pecados de todos os homens. Hoje o mundo fere ainda mais o sagrado coração de Nosso Senhor, por causa da ingratidão dos homens. As feridas de Maria são muito mais profundas e dolorosas do que a sua. Deixe-me ir junto rezar na capela.” (1)
Em 3 de agosto, a Irmã Agnes recebeu uma segunda mensagem. Em 13 de outubro, ela recebeu a terceira e última mensagem.
Dois anos depois, em 4 de janeiro de 1975, a estátua da Bem-aventurada Virgem começou a chorar. Ela continuou a chorar, com intervalos, pelos próximos 6 anos e oito meses. Ela chorou 101 vezes.
Vejamos, portanto, em sequência, as três mensagens da Mãe de Jesus à Sua filha Irmã Agnes.

5 de Julho de 1973 - "Reza em reparação pelos pecados dos homens. Cada pessoa nesta comunidade é minha filha insubstituível”

Virgem Santíssima
"Reza em reparação pelos pecados dos homens"

"Filha minha, minha noviça, obedeceste-me bem ao deixares tudo para me seguir. É dolorosa a doença dos teus ouvidos? A tua surdez será curada podes estar segura. Tem paciência. É a prova final. Faz-te sofrer a ferida da mão? Reza em reparação pelos pecados dos homens. Cada pessoa nesta comunidade é minha filha insubstituível. Rezas bem a oração da Serva da Eucaristia? Vamos, rezemo-la juntas."
“Jesus presente na Eucaristia...”
Nossa Santa Mãe interrompeu, acrescentando:
 “Verdadeiramente presente"
 E para reforçar ao máximo esta expressão ... disse:
"De agora em diante acrescentarás a palavra Verdadeiramente.”
"Sacratíssimo Coração de Jesus, verdadeiramente presente na Santa Eucaristia, eu consagro o meu corpo e alma a serem inteiramente unos com o Teu Coração, que está continuamente a ser sacrificado em todos os altares do mundo e louvando ao Pai rogando pela vinda do Seu Reino.”
“Por favor recebe esta minha humilde oferta. Usa-me segundo a Tua Vontade para Glória do Pai e salvação das almas."
“Santíssima Mãe de Deus, nunca permitas que me separe do Teu Filho Divino. Por favor, defende-me e protege-me sempre como Tua filha especial."
 Ao acabar a oração, Nossa Santa Mãe acrescentou:
“Reza muito pelo Papa, pelos Bispos e pelos sacerdotes. Desde o teu batismo rezaste fielmente por eles. Continua rezando muito... muito. Conta ao teu superior tudo o que aconteceu hoje e obedece-lhe em tudo o que ele te diga. Ele pediu que tu rezes com fervor.”

3 de Agosto de 1973 - "As almas que querem rezar já estão a caminho de ser reunidas. Sem te prenderes demasiado à forma, tem fé e fervor na oração para consolar o Mestre”

Imaculado Coração de Maria
"Muita gente neste mundo aflige o Senhor. Quero almas que O Consolem para atenuar a ira do Pai Celestial. Peço, com Meu Filho, almas que façam reparação mediante sofrimento e pobreza, pelos pecadores e ingratos"

“Minha filha, minha noviça, amas o Senhor? Se amas o Senhor, escuta o que tenho para te dizer."

"É muito importante. Transmiti-lo-ás ao teu superior.”

"Muita gente neste mundo aflige o Senhor. Quero almas que O Consolem para atenuar a ira do Pai Celestial. Peço, com Meu Filho, almas que façam reparação mediante sofrimento e pobreza, pelos pecadores e ingratos."

"Para que o mundo possa conhecer a Sua ira, o Pai Celestial está a preparar-se para infligir um grande castigo a toda a humanidade. Com Meu Filho interviemos tantas vezes para apaziguar a ira do Pai. Evitamos a vinda de calamidades, oferecendo-Lhe os sofrimentos do Filho na Cruz, Seu Precioso Sangue, e bem amadas almas que O Consolam e formam o conjunto de almas vítimas. A oração, a penitência e os sacrifícios valorosos podem atenuar a Cólera do Pai."

"Quero isto também da tua comunidade... que ame a pobreza, que se santifique a si mesma e que reze pela ingratidão e pelo ultraje de tanta gente. Rezem a oração das Servas da Eucaristia e fiquem conscientes do seu significado; pratiquem-no, façam oferendas em reparação (qualquer coisa que Deus possa enviar-lhe) pelo pecado. Permitam que cada um tente, de acordo com a sua capacidade e posição, se ofereça inteiramente ao Senhor.”
"Inclusivamente numa instituição Secular, a oração é necessária. As almas que querem rezar já estão a caminho de ser reunidas. Sem te prenderes demasiado à forma, tem fé e fervor na oração para consolar o Mestre.”
Seguiu-se um silêncio, e então Nossa Senhora acrescentou:
"É verdade o que estar a pensar o teu coração? Estás realmente decidida a converter-te na pedra rejeitada? Minha noviça, tu que desejas pertencer ao Senhor sem nenhuma reserva para seres esposa digna do Esposo, faz os teus votos sabendo que deves ser cravada na Cruz com três cravos. Estes cravos são a pobreza, castidade e obediência. Dos três, a obediência é o fundamental. Com total abandono, deixa-te conduzir pelo teu superior. Ele saberá como entender-te e como dirigir-te."

13 de Outubro de 1973 - "O demônio se encarniçará sobretudo contra as almas consagradas a Deus"

Imaculado Coração de Maria
Disse a Santíssima Virgem em Akita: "O demônio será especialmente implacável contra as almas consagradas a Deus. Pensar na perda de tantas almas é a causa da Minha tristeza. Se os pecados crescem em número e gravidade, já não haverá perdão para elas"

"Minha querida filha, escuta o que tenho a dizer-te. Deves contá-lo ao teu superior.”
Depois de um curto silêncio:
"Como já te disse, se os homens não se arrependerem, nem melhorarem, o Pai infligirá um terrível castigo a toda a Humanidade. Será um castigo maior que o Dilúvio, como nunca houve antes. Cairá fogo do Céu e aniquilará uma grande parte da Humanidade, tanto os bons, como os maus, sem distinguir sacerdotes, nem fiéis. Os sobreviventes encontrar-se-ão em tal desolação que invejarão os mortos. As únicas armas que lhes restarão, serão o Rosário e o Sinal deixado por meu Filho. Recita as orações do Rosário todos os dias. Com o Rosário reza pelo Papa, pelos Bispos e pelos sacerdotes.”
"A ação do maligno infiltrar-se-á na Igreja de tal maneira, que poderemos ver Cardeais opondo-se a Cardeais, bispos contra bispos. Os sacerdotes que Me veneram serão depreciados, e os seus confrades se lhes oporão... Igrejas e altares serão saqueados, a Igreja ficará cheia dos que aceitam compromissos e o demônio pressionará muitos sacerdotes e almas consagradas para que abandonem o serviço do Senhor."
"O demônio será especialmente implacável contra as almas consagradas a Deus. Pensar na perda de tantas almas é a causa da Minha tristeza. Se os pecados crescem em número e gravidade, já não haverá perdão para elas."
"Com valor, fala ao teu superior. Ele saberá como animar cada uma de vós a rezar e a levar a cabo obras de reparação."
A voz calou-se. A irmã Agnes perguntou:
"Quem é o meu superior?" 
A voz respondeu:
"É o Bispo Ito que dirige a tua comunidade."
 Então ela continuou:
"Porém, tens algo a perguntar-me? Hoje é a última vez que te falarei de viva voz. De agora em diante obedecerás a que te envie e ao teu superior. Reza muito as orações do Rosário. Eu, sózinha, todavia, posso protegê-las das calamidades que se aproximam. Aqueles que ponham a sua confiança em mim serão conservados." (2)

Cardeal Joseph Ratzinger, então Prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé, deu o julgamento definitivo sobre os eventos e nas mensagens de Akita como sendo de confiança e dignas de opinião

Bento XVI
Cardeal Joseph Ratzinger, deu o julgamento definitivo sobre os eventos e as mensagens de Akita como sendo de confiança e dignas de opinião

A Igreja aprovou as mensagens e as lacrimações da estátua como sobrenaturais.
Em abril de 1984 - o Rev. John Shojiro Ito, bispo de Niigata, Japão, após anos da investigação extensiva, declara os eventos de Akita, Japão, de origem supernatural, e autoriza toda a diocese a veneração da Virgem Santissima de Akita.
Ele ainda disse:
“A mensagem de Akita é a mensagem de Fátima”.
Em junho de 1988 - cidade de Vaticano – o cardeal Joseph Ratzinger, então Prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé, dá o julgamento definitivo sobre os eventos e nas mensagens de Akita como sendo de confiança e dignas de opinião.
Akita
O bispo de Akita, Rev. John Ito, Pe. Gobbi, ao centro, além de outros sacerdotes

Carta de aprovação do Bispo John Ito
Carta da aprovação do bispo John Shojiro Ito sobre os eventos em Akita

____________
Fontes de consulta:
1 -               Michael Journal Org. Messages of Our Lady in Akita, Japan. Serious Messages for the world, like at Fatima.  http://www.michaeljournal.org/akita.htm – acesso em 19/09/07.
2 -               Approbatio devotionis publicae Appr. Ecc. Harl., n. 34 C. C. N. Meysing Wassenaar, 20.06.1951 Censor a. h. dep. Haarlem, 31.05.1996 H. J. A. Bomers, C. M. Episc. Harl. Dr. J. M. punt, Episc. Aux Divulgação da Senhora de Todos os Povos no Brasil: MAGNIFICAT * Caixa Postal 64548 *
São Paulo-SP * 05497-970
2a -                     Signed letter from the M.Rev. John Shojiro Ito, Rt. Bishop of the Diocese of Niigata, Japan, addressed to Fr. Albert Herbert, S.M., dated October 21, 1988, bearing numbers Higashi Ohatadori 1-656 and Niigata-shi Japan 951.
2b                       Program from The World Apostolate of Fatima issued for the visit of the M.Rev. John Shojiro Ito, Rt. Bishop of the Diocese of Niigata, Japan. Published by The 101 Foundationof Washington, New Jersey. July 3, 1988
2c.                       "AKITA - The Tears and Message of Mary"by Teiji Yasuda, O.S.V. - English Version 1989 - Published by the 101 Foundation, Inc. of Asbury, New Jersey 08802-0151, U.S.A.  
 *******

A vidente
Irmã Inês Sasagawa, postulante da Ordem das Servas da Eucaristia. A irmã em questão sofria de surdez absoluta.
Em 12 de Junho de 1973, a irmã Inês viu misteriosos raios de luz que emanavam do tabernáculo. O mesmo aconteceu nos dois dias seguintes.
Em 28 de Junho de 1973, apareceu-lhe na palma da mão esquerda uma ferida em forma de cruz. Sangrava muito e era muito dolorosa.
Em 6 de Julho de 1973, a irmã Inês ouviu uma voz que vinha da imagem da Virgem Maria na capela onde rezava. A imagem era esculpida num único bloco de madeira. No mesmo dia, algumas irmãs deram conta de gotas de sangue que escorriam da mão direita da imagem. A mão da imagem sangrou por mais quatro vezes. A ferida da imagem durou até 29 de Setembro.
Em 29 de Setembro de 1973, no dia em que a ferida desapareceu, as irmãs notaram que a imagem tinha começado a 'suar', especialmente na testa e no pescoço.
Em 3 de Agosto de 1973, a irmã Inês recebeu uma segunda mensagem.
Em 13 de Outubro de 1973, a irmã recebeu a terceira mensagem.
Dois anos mais tarde, em 4 de Janeiro de 1975, a imagem da Virgem começou a chorar. Continuou a chorar, com intervalos, durante 6 anos e 8 meses. Chorou 101 vezes.

A mensagem
 
6 de Julho de 1973:

Minha filha, minha noviça, obedeceste-me bem ao deixares tudo para me seguires. A doença dos teus ouvidos é dolorosa? A tua surdez será curada, podes estar certa. A ferida da tua mão faz-te sofrer? Reza em reparação pelos pecados dos homens. Cada uma das pessoas desta comunidade é minha filha insubstituível. Rezas bem a oração das Servas da Eucaristia? Então, vamos rezá-la as duas.
"Sacratíssimo Coração de Jesus, verdadeiramente presente na Eucaristia, consagro-vos o meu corpo e a minha alma para serem um só com o vosso Coração, oferecido em sacrifício a cada instante em todos os altares do mundo, para glória do Pai e para que venham o seu Reino.
"Recebei esta meu humilde dom de mim própria. Servi-vos de mim como for da vossa vontade para glória do Pai e salvação das almas.
"Santíssima Mãe de Deus, não me deixais nunca separar do vosso divino Filho. Peço-vos que me protejais como Vossa Filha Especial. Amen."
Acabada a oração, a voz do céu disse:
Reza muito pelo Papa, pelos bispos e pelos sacerdotes. Desde o teu baptismo que rezaste fielmente por eles. Continua a rezar muito, muito. Diz ao teu Superior tudo o que hoje aconteceu e obedece-lhe em tudo quanto te disser. Ele pediu que rezasses com fervor.

3 de Agosto de 1973
Minha filha, minha noviça, amas o Senhor? Se amas o Senhor, escuta o que tenho para te dizer.
É muito importante… hás-de transmiti-lo ao teu Superior.
Muitos homens neste mundo afligem o Senhor. Desejo almas que o consolem, que diminuam a cólera do Pai do Céu. Procuro, com o meu Filho, almas que pelo sofrimento e pela pobreza, reparem pelos pecadores e pelos ingratos.
Para que o mundo conheça a sua cólera, o Pai prepara-se para infligir um grande castigo a toda a humanidade. Com o meu Filho, tenho intervindo tantas vezes para aplacar a cólera do Pai. Preveni que viessem calamidade oferecendo-lhe os sofrimentos do Filho na Cruz, o seu Sangue precioso, e as almas amadas que o consolam e formam uma coorte de almas vítimas. Oração, penitência e sacrifícios corajosos, podem diminuir a cólera do Pai. Desejo também isto para a tua comunidade… que ela ame a pobreza, que se santifique e reze em reparação pela ingratidão e ultrajes de tantos homens.
Recitai a oração das Servas da Eucaristia com a consciência do seu significado. Ponham-na em prática. Ofereçam-na em reparação (tudo quanto Deus enviar) pelos pecados. Que cada uma faça, de acordo com a sua capacidade e posição, a entrega de si própria ao Senhor.
Mesmo num instituto secular a oração é necessária. Já estão a caminha de se juntar, as almas que desejam rezar. Sem prestarem muita atenção à forma, sede fiéis e fervorosas na oração para consolar o Mestre.
Depois de um silêncio:
O que estás a pensar no teu coração é verdade? Estás verdadeiramente decidida a ser uma pedra rejeitada? Minha noviça, tu que desejas pertencer sem reservas ao Senhor, para seres a esposa merecedora do Esposo, faz os teus votos sabendo que tens de estar presa à Cruz com três pregos. Esses três pregos são a pobreza, a castidade e a obediência. Dos três, a obediência é o fundamento. Em total abandono, deixa-te conduzir pelo teu Superior. Ele saberá compreender-te e dirigir-te.
13 de Outubro de 1973
Minha querida filha, escuta bem o que tenho para te dizer. Informarás o teu Superior.
Depois de um curto silêncio:
Como te disse, se os homens não se arrependerem e se tornarem melhores, o Pai infligirá um castigo terrível a toda a humanidade. Será um castigo maior que o dilúvio, tal como nunca se viu. O fogo cairá do céu e varrerá uma grande parte da humanidade, tanto os bons como os maus, não poupando nem sacerdotes nem fiéis. Os sobreviventes ficarão em tal desolação que invejarão os mortos. As únicas armas que permanecerão serão o Rosário e o Sinal deixado pelo meu Filho. Rezai o terço todos os dias. Com o terço, rezai pelo Papa, os bispos e os sacerdotes.
As obras do demónio hão-de infiltrar-se mesmo na Igreja, de tal forma que se verão cardeais contra cardeais, bispos contra bispos. Os sacerdotes que me venerarem serão escarnecidos e terão a oposição dos seus pares. Haverá igrejas e altares saqueados. A Igreja ficará cheia daqueles que entram em compromissos e o demónio irá empurrar muitos sacerdotes e almas consagradas a deixarem o serviço do Senhor.
O demónio será especialmente implacável contra as almas consagradas a Deus. O pensamento da perda de tantas almas é a causa da minha tristeza. Se os pecados aumentarem em número e gravidade, não mais haverá perdão para eles.
Com coragem fala ao teu Superior. Ele saberá como encorajar cada uma a rezar e a fazer actos de reparação.
É o bispo Ito que dirige a vossa comunidade.
Sorriu e disse:
Tens ainda alguma coisa a perguntar? Hoje é a última vez que te falarei com uma voz audível. Daqui para diante obedecerás àquele que te for enviado e ao teu Superior.
Reza muito as orações do Rosário. Apenas eu sou ainda capaz de vos salvar das calamidades que se aproximam. Aqueles que puserem a sua confiança em mim, serão salvos.

Reconhecimento pela Igreja
Abril de 1984 - D. João Shojiro Ito, bispo de Niigata, Japão, depois de anos de prolongada investigação, declara os acontecimentos de Akita, no Japão, de origem sobrenatural, e autoriza em toda a diocese a veneração de Nossa Senhora de Akita.
Em 22 de Abril de 1984, depois de oito anos de investigação, depois da consulta da Santa Sé, as mensagens de Nossa Senhora de Akita são aprovadas pelo Bispo da diocese. Na aldeia japonesa de Akita, uma imagem de Nossa Senhora, de acordo com o testemunho de cristãos e não cristãos, incluindo o Presidente da Câmara que era budista, deitou sangue, suor e lágrimas. Uma irmã, Inês Katsuko Sasagawa recebeu os estigmas e recebeu mensagens de Nossa Senhora.
Junho de 1988 - Cidade do Vaticano - O Cardeal José Ratzinguer, Perfeito da Congregação para a Doutrina da Fé, pronuncia um julgamento definitivo sobre os acontecimentos e mensagens de Akita como sendo de confiança e dignos de crédito.