sábado, 1 de dezembro de 2012

SANTA BÁRBARA - MILAGRES

SANTA BÁRBARA - MILAGRES  


MILAGRE DOS RAIOS








TEXTO SOBRE O MARTÍRIO DE BÁBARA:

Dióscoro, o pai cruel, desumano e bestial, não contente em ter estado presente em todos os tormentos de sua filha , chegou ao ponto de querer ser o seu carrasco.

Perguntou o juiz se podia  fazer-lhe o sabor de sua filha não morrer por outras mãos que a dele.

Um pedido tão bárbaro, que causou horror a todos os que estavam presentes, e foi-lhe, concedido.

Bárbara foi levada para fora da cidade para uma pequena colina, mal chegou, dobrou os joelhos, levantou os olhos para o céu, e tendo feito uma breve oração, pediu ao Senhor para aceitar o sacrifício da sua vida, e que a absolvesse de todos os seus pecados e que o mesmo dom fosse dado a todos que a invocassem pedindo sua intercessão.


O pai desumano com um golpe de sabre terminou a vida da bela jovem cristã.

Santa Bárbara alcançou a glória do martírio em 04 de dezembro, sendo imperador, Maximino.





O céu olhou com horror a desumanidade bárbara deste pai e , apesar do  céu limpo, de repente , fez-se ouvir o barulho do trovão e um relâmpago desabou sob o sopé da montanha atingindo exatamente Dióscoro, o pai desumano.

Pouco tempo depois, teve o mesmo destino de ser morto por outro raio . o governador Marciano, que foi o juiz de Bárbara.

Desde então, tornou-se  culto universal desta grande Santa ser  invocada, sobretudo, contra os trovões e relâmpagos.





SANTA BÁRBARA PROMETE OS ÚLTIMOS SACRAMENTOS A UM DEVOTO





Santa Bárbara também é invocada para alcançar a graça de Deus na hora da morte e não passar desse mundo sem receber os sacramentos de salvação.

Um exemplo é o caso seguinte:

No ano de 1448, ocorreu na cidade de Gorcun na Holanda, um notável milagre.

Um homem chamado Henry, um devoto de Santa Bárbara, foi cercado por um incêndio, sem esperança de salvar a vida.

Neste conflito voltou-se para o sua santa padroeira, que apareceu para ele e,  disse-lhe que Deus estendeu sua vida até o dia seguinte para dar tempo de receber os últimos sacramentos da Igreja.

 E, tendo-se apagado o fogo, ao mesmo tempo, ele confessou,  recebeu o viático e a extrema unção.

 O padre que o confessou, chamado Teodorico Pauli, deu testemunho  para a posteridade a história deste grande milagre.



SANTA BÁRBARA LIVRA CIDADE DE TEMPESTADE DESTRUTIVA
O milagre aconteceu em 27 de maio de 1701.








Nesse dia se abateu sobre a cidade de Moncada uma terrível nuvem carregada carregada que ameaçava destruir todas as colheitas, pelas quais os  moncadenses tiravam sua subsistência e bem-estar.

É fácil imaginar que os agricultores católicos correram para a Igreja para  a implorar o auxílio  de Deus, e o padre reitor foi inspirado a levar a relíquia de Santa Barbara às portas do templo, abençoando todo o terreno paroquial de  Moncada.





A tempestade veio rasgando os campos das cidades vizinhas, deixando intacto os de Moncada e seus anexos paroquiais os de Patriarca Alfara, Benifaraig, Masarojos e Rocafort.

 Depos disso, os moncadenses qualificaram o fato de milagroso e o Conselho Municipal fez até uma votação para se comemorar a cada ano uma festa de Ação de Graças, que acontece fielmente cada 09 de setembro de cada ano.





SANTA BÁBARA CUROU IMPERATRIZ DE LEPRA

De acordo com a tradição que remonta a meados do século XIII e é endossada com documentação e bibliografia, a Imperatriz Constança da Grécia trouxe a Valência, de Bizâncio, várias relíquias de Santa Barbara: 







Pedaço da coluna em que Barbara foi açoitada e pedra de onde fluiu água para ser  batizada. 






um pedaço da  coluna a qual ela foi amarrada e espancada, uma pedra de onde  a água fluiu para  o batismo de Barbara milagre que aconteceu em Nicomédia (Ásia Menor), no terceiro século, e um osso, aparentemente o braço da santa, preservada em um tubo de vidro com fecho de prata em ambas as extremidade.

 Elas foram doados pela Sra. Constança para a igreja de San Juan del Hospital, onde ela tinha erguido uma capela em honra de Santa Barbara, pedindo em seu testamento para ser enterrada nela, como indicado. 





 Na capela, estão os restos mortais da imperatriz e um nicho, com as  relíquias de Santa Barbara. 





A  Capellania fundada pela Sra. Constança da Grécia, filha de Frederico II de Hohenstaufen, Imperador Alemanha e viúva de D. João III, o imperador de Nicéia (Bitínia, Ásia Menor), foi feita em agradecimento pela sua cura milagrosa da lepra através da mediação de Santa Barbara.

O milagre aconteceu em Valência, em torno de 1270-1280, onde a Imperatriz foi recebido pelo rei James I, o Conquistador.








SANTA BÁRBARA PROTEGENDO UM DEVOTO 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis