Feb 20, 2013

21 de Fevereiro - SÃO PEDRO DAMIÃO - mensagem cmunicada nas aparições de Jacareí em 09.08.2008


09 DE AGOSTO DE 2008
SANTUÁRIO DAS APARIÇÕES DE JACAREÍ/SP
MENSAGENS DE NOSSA SENHORA, SANTA PERPÉTUA E SÃO PEDRO DAMIÃO – NA CAPELA DAS APARIÇÕES 

SÃO PEDRO DAMIÃO
Mensagem:
São Pedro Damião
 MENSAGEM DE SÃO PEDRO SÃO PEDRO DAMIÃO

"-Amados irmãos Meus! Eu, PEDRO DAMIÃO, vos abençôo hoje com a VIRGEM SANTÍSSIMA e SANTA PERPÉTUA...

Conheceis os maravilhosos louvores que Eu escrevi sobre a SANTÍSSIMA VIRGEM MARIA!


A Ela deveis amar o com amor filial, sendo cada dia mais os Serafins de Amor da Mãe de DEUS...

Sede os Serafins de Amor da Mãe de DEUS... vivendo cada dia na presença Dela, ou seja; louvando-A, rezando o SANTO ROSÁRIO; a Oração predileta Dela... Lendo as Suas Mensagens e procurando cada vez mais conhecer a Vontade Dela à vosso respeito e aplicar as Suas Mensagens na vossa vida, de forma que a vossa mesma vida se torne Hino Incessante de Amor, Oração Incessante de Amor!
Sede os Serafins da Mãe de DEUS... procurando a cada dia mais, cultivar as Virtudes que agradam a Ela:


o AMOR, a GENEROSIDADE, a PRONTIDÃO NO SERVIÇO DIVINO, a ORAÇÃO, a PUREZA INTERIOR da qual é consequência a PUREZA EXTERIOR, a INOCÊNCIA, a BONDADE, O SILÊNCIO, o RETIRO, a COMPUNÇÃO(1), a BENIGNIDADE(2), a MAGNANIMIDADE(3), a FORTALEZA(4), a TEMPERANÇA(5), a PRUDÊNCIA(6), a SABEDORIA!...
A alma só será sabia, só será cheia e rica da Verdadeira Sabedoria Celeste; quando for cheia de MARIA... cheia de Seu Espírito, ou seja; de Suas Virtudes, daquilo que Ela Amava, de Seu Amor, de Seus Sentimentos, de Seus Pensamentos e Desejos!
Somente assim, a alma será cheia da Verdadeira Sabedoria, porque será cheia de MARIA e cheia do ESPÍRITO SANTO; pois Ele procura se dar e se derramar àquelas almas nas quais encontra a Sua Esposa Divinal, ao passo que rejeita as almas nas quais a encontra ausente ou então expulsa...

Sede os Serafins de Amor da Mãe de DEUS... procurando todo dia, morrer mais e mais para vós mesmos, para a vossa vontade corrompida, que sempre vos leva e arrasta para a direção contrária da Vontade de DEUS... Que vos faz procurar o que é mais cômodo para vós e não o que é mais agradável a DEUS... Que vos faz procurar sempre mais os vossos interesses e desejos e não os de DEUS... E alcançar os vossos objetivos e não os objetivos de DEUS!

Dessa forma, vós retirareis o maior e principal obstáculo que vos impede, de conhecer o Amor de DEUS, crescer Nele até vos tornardes uma imensa labareda que da Terra se eleva até alcançar o Céu! Esse maior obstáculo é o vosso 'eu', que deveis combater cada dia mais, até vos vencerdes completamente...
Quando conseguirdes isso vencereis as tentações do mundo e do demônio, com grande tranquilidade e facilidade. E vós, todos os dias, ardereis mais e mais na chama viva do amor pelo SENHOR!


Sede os Serafins de Amor da Mãe de DEUS... copiando os exemplos Dela, seguindo as Suas Pegadas Imaculadas; pelo caminho de uma maior e sempre mais profunda intimidade com o SENHOR... Intimidade essa, que se dá lá, nas profundezas do vosso coração, onde só então podeis encontrar o SENHOR!
Não O procureis na agitação!... Não O procureis no buliço do mundo e das criaturas, porque não O encontrareis! Não O procureis também na efervescência das massas, onde dizem que DEUS está com estrondo e alarido... Não!... Encontrareis a DEUS no interior do vosso coração, escondido lá, no quarto do vosso coração e da vossa alma, onde só Ele tem acesso... Ali O encontrareis! O encontrareis também escondido na Sua Palavra, nas Suas Mensagens... O encontrareis escondido nos Seus SANTOS e nos Seus ANJOS, no CORAÇÃO de Sua MÃE e no de SÃO JOSÉ... O encontrareis escondido nos Seus Mistérios, Mandamentos e Sacramentos; se por vós forem bem meditados e apreciados!... Ali encontrareis O SENHOR: Doce, Meigo, Terno, Pai Solícito e Amoroso, disposto a vos cumular das maiores Jóias: da Sua Graça, da Sua Beleza, da Sua Santidade, do Seu Amor!...
Sede os Serafins de Amor da Mãe de DEUS... lutando cada dia, como valentes e verdadeiros soldados do bem, do amor e da paz; levando as Mensagens que Nesse Lugar recebeis, ao conhecimento de todas as almas, que ainda não conhecem a DEUS e nem a SANTÍSSIMA VIRGEM!... Ou então, que Os procuram em vão nesse mundo, errantes nas coisas passageiras; procurando a plenitude, a felicidade celestial, que somente DEUS pode dar: na Oração, na Meditação, no Caminho da Santidade, no cumprimento da Sua Lei de Amor e da Sua Palavra.
Dai a essas almas o que elas procuram, dai a elas a verdade, daí a elas a felicidade, dai a elas a paz e o amor que elas procuram; dando-lhes as Nossas Mensagens... Que revelam o DEUS vivo e ressuscitado, o DEUS que não é morto, o DEUS que não é mudo, o DEUS que não parou de falar há dois mil anos atrás... Mas que continua vivo, que continua cheio de Amor e que continua trabalhando sem cessar para se revelar, revelar Seu Amor e com Ele salvar a todos os Seus filhos!
Ide e mostrai ao mundo o DEUS vivo que aqui Nesse Lugar se revelou a vós por primeiro e que quer se revelar agora, a todos aqueles que não O conhecem! Vós que conheceis já a doçura do Amor de DEUS, que aqui vos foi revelado... Vós que já provais e já sentis o Amor Dele e da SANTÍSSIMA VIRGEM, que aqui vos foi dado em profusão... Não percais mais tempo! Dai este Amor às almas! Dai-lhes as Mensagens, dai-lhes a verdade, dai-lhes o Amor!... Pois caso contrário, no dia do Juízo Final sereis responsáveis pela perdição de muitas e muitas almas... Fazei o que as vossas condições permitirem, o restante Eu completarei...
Mas fazei o máximo para que através de vós, a Luz Mística e a Magnificência do SENHOR, que veio a Este Lugar, que se revelou Neste Lugar... que para Ele e para a Sua Mãe, é mais querido do que todo o restante do mundo... Que essa Luz, brilhe sobre mundo todo e que essa Magnificência seja conhecida o quanto antes, pelas almas do mundo todo e todos os corações e todas as almas glorifiquem o Nome do SENHOR e da Sua MAE!...

Eu estou convosco, mesmo quando estiverdes desanimados, abatidos e áridos... e não Me sintais, não Me percebais... Estou convosco, convosco lutarei, para instaurar na Terra o Reino da SANTÍSSIMA VIRGEM MARIA... primeiramente no interior dos corações, para que depois seja instaurado em toda a sociedade e em todas as Nações no Triunfo do Seu CORAÇÃO IMACULADO...

Ponde a mão no arado e vereis que ali já estará a Minha Mão, firme e pronta; para trabalhar convosco, para cultivar o campo que o SENHOR vos deu, para lançardes a semente e para produzirdes os frutos de santidade que Ele deseja de vós... A todos hoje abençôo abundantemente..."


1- COMPUNÇÃO:- Pesar de haver cometido ação má ou pecaminosa. Manifestação desse pesar. Pesar profundo.

2- BENIGNIDADE: Qualidade de quem é benigno, indulgência, doçura, benevolência, bondade, afabilidade, brandura
3- MAGNANIMIDADE: Generosidade, grandeza da alma
4- FORTALEZA: que assegura a firmeza nas dificuldades e a constância na procura do bem; Virtude que consiste em não fraquejar ante os obstáculos ou a oposição.
5- TEMPERANÇA: que modera a atração dos prazeres, assegura o domínio da vontade sobre os instintos e proporciona oequilíbrio no uso dos bens criados", sendo por isso descrita como sendo a prudência aplicada aos prazeres
6- PRUDÊNCIA: que "dispõe a razão para discernir em todas as circunstâncias o verdadeiro bem e a escolher os justos meios para o atingir. Ela conduz a outras virtudes, indicando-lhes a regra e a medida", sendo por isso considerada a virtude-mãe humana.


21 de Fevereiro - São Pedro Damião

Pedro nasceu em Ravena, em 1007. Teve uma infância muito sofrida, ficou órfão muito cedo e foi criado de forma improvisada pelos irmãos que eram em grande número. Mesmo assim, o irmão mais velho, Damião, acabou por se responsabilizar sozinho por seus estudos. Estudou em Ravena, Faenza e Pádua e depois de ter ensinado em Parma, ingressou no mosteiro camaldulense de Fonte Avelana, na Úmbria, que se tornou o centro de suas atividades reformadoras. Pedro, em retribuição à seu irmão Damião, assumiu também o seu nome ao se ordenar sacerdote. 

Pedro Damião, aos vinte e um anos, então na Ordem Camaldulense, por seus méritos logo tornou o superior diretor. As regras da Ordem já eram duras, mas ele as tornou mais rígidas ainda. Passou a criticar severamente conventos onde não havia pobreza e sua influência se estendeu por mosteiros da Itália e da França, entre eles Montecassino e Cluny, que passaram a seguir seus conceitos. Com seu reformismo, trabalhou incansavelmente para devolver à vida religiosa seu sentido de consagração total a Deus, na austeridade da solidão e da penitência. 

Pedro Damião era um sacerdote contemplativo, de vida simples, adepto à vida monástica e desse modo singular atacava o luxo dos cardeais. Citava os apóstolos Pedro e Paulo como exemplos, pois percorreram o mundo para evangelizar, sendo magros e andando descalços, ou seja, para levar a Palavra de Deus, era necessário sobretudo se despojar dos apegos materiais. Foi desse modo que solidificou a austeridade religiosa e como viveu toda sua existência terrena.

Seu trabalho não parou aí. Havia, na época, a venda de títulos, funções e cargos da Igreja, como se fazia com os títulos feudais. A essa troca de favores se deu o nome de simonia clerical. O ato de comprar ou vender benesses espirituais, era antigo e esse nome deriva de Simão, o Mago, que procurou comprar dos Apóstolos graças espirituais. Dessa forma, cargos da Igreja acabavam ocupados por pessoas despreparadas e indignas que se rebelavam contra a disciplina exigida deles, principalmente com relação ao celibato. 

A Igreja, assim dilacerada, vitimada pelas discórdias e cismas, tinha necessidade de homens cultos e austeros como padre Pedro Damião. Por isso, ele foi chamado à Santa Se para auxiliar nesses combates. Esteve ao lado de seis papas, como viajante da paz, e em particular colaborou com o cardeal Hildebrando, o grande reformador que se tornou o Papa Gregório VII. 

Pedro Damião após várias peregrinações à cidade de Milão, à França e à Alemanha, se tornou cardeal e foi designado para a diocese de Óstia. Seus escritos, após a sua morte, prosseguiram doutrinando religiosos importantes. Aos poucos, a situação da Igreja foi se normalizando. Já velho, foi enviado à Ravena para recompor a questão do antipapa. Morreu em 1072, na cidade italiana de Faenza, quando voltava de uma missão de paz. 

A fama de sua santidade em vida se cristalizou junto aos fiéis, que então passaram a venerá-lo como santo. Em 1828 o papa Leão XII declarou Santo Pedro Damião e o proclamou também doutor da Igreja, por seus numerosos escritos teológicos e pela incansável e eficiente atuação para a unidade da Santa Mãe, a Igreja Católica de Roma.