Jun 20, 2013

Ordem do Santíssimo Redentor

Ordem do Santíssimo Redentor



Santo Afonso Maria de Ligório



Santo Afonso nasceu perto de Nápoles.  Obteve o grau de doutor em direito.  Ordenado Sacerdote, após grandes lutas com o pai, fundou a Congregação do SSmo. Redentor, cujos membros se dedicam à cura das almas.  Apesar dos grandes trabalhos deste apostolado, da fundação e direção de seus conventos, ainda lhe sobrou tempo para editar várias obras, principalmente a Teologia Moral, obras que lhe mereceram o titulo honroso de “Doutor da Igreja”.  Feito Bispo de Santa Ágata de Goti, em obediência ao Papa empreendeu importantes reformas. Morreu esse grande devoto do SSmo. Sacramento e de Nossa Senhora, em Pagani, no meio dos seus religiosos.

Urna contendo os restos mortais de Santo Afonso


Venerável Maria Celeste Crostarosa



A Venerável Madre M. Celeste Crostarosa nasceu em Nápoles, filha de família nobre, a 31 de outubro de 1696.  Aos vinte anos entrou no Carmelo de Marigliano (NA) e, supresso este, por injustiça e prepotência, passou para Scala (SA), onde lhe foi revelado o duplo Instituto do SS. Salvador, nome que a Santa Sé, ao aprovar a Regra, mudou para “Santíssimo Redentor”.

Com a direção de Monsenhor Falcóia e com a iluminada colaboração de Santo Afonso, que reconheceu a intervenção de Deus, Crostarosa realizou a transformação do Mosteiro Visitandino, de acordo com a Regra recebida pelo Senhor no dia 25 de abril de 1725.

No Pentecostes de 1731, a 13 de maio, nasceram as Redentoristas, monjas chamadas a ser na igreja a “viva memória” e o “retrato vivo de Jesus” por obra do Espírito Santo, vestindo  o alegre e simbólico hábito “vermelho-fosco” que lembra ao mundo o intenso e infinito amor de Deus para com os homens.

Ela escreveu 16 obras ainda inéditas, entre as quais muitas poesias.



Faleceu em Foggia a 14 de setembro de 1755, festa da exaltação da Santa Cruz.  São Geraldo Magella, ligado a ela por uma profunda amizade, em Materdomini (AV) no mesmo instante em que ela morria, viu a alma de Madre M. Celeste voar ao céu, como uma cândida pomba.
Com decreto da Sacra Congregação dos Ritos, de 12 de dezembro de 1895, seus escritos foram declarados livres de erros.


A causa para a sua canonização foi iniciada, com Decreto Apostólico, que a declarava Venerável, dia 11 de agosto de 1901.



Seu corpo incorrupto


A finalidade da Ordem das Monjas Redentoristas é formar algumas almas que se proponham tomar por exemplo vivo Jesus, seu Divino Mestre.






Confirmação da Obra



      Para memória do Diviníssimo Sacramento da Eucaristia por Este Divino Senhor Instituído na Última Ceia, a Regra ordena as religiosas da ordem que, em todas as quintas-feiras  se faça a exposição do Santíssimo Sacramento.

      Quando uma vez exposto o Santíssimo Sacramento, para confirmar a obra do Senhor  apareceram prodígios na Santa Hóstia , visto pelos fiéis e autoridades da Santa Igreja de setembro a dezembro de 1732.




Visitantes Ilustres ao Mosteiro de Fogia


Visita ao Mosteiro de Fogia em 24 de Maio de 1987 Santo Padre João Paulo II visita o mosteiro de SSmo.  Salvador e a Priora Madre Maria Ângela Severo.
Cardeal Joseph Ratzinger com o Monsenhor Salvatore de Georgi junto à urna da Venerável Crostarosa em 22 de Outubro de 1985.







Nossa Senhora do Perpétuo Socorro


VETUS IMAGO MIRACULIS CLARA VENERATA

ROMAE IN ECCLESIA
S. ALPHONSI