Apr 26, 2015

MENSAGENS 2010-ABRIL-COMUNICADAS NAS APARIÇÕES DE JACAREÍ AO VIDENTE MARCOS TADEU NAS APARIÇÕES DE JACAREÍ


MENSAGENS 2010 - ABRIL
COMUNICADAS NAS APARIÇÕES DE JACAREÍ
AO VIDENTE MARCOS TADEU

NAS APARIÇÕES DE JACAREÍ


JACAREÍ, 02 DE ABRIL DE 2010
SEXTA FEIRA SANTA - PAIXÃO DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO
MENSAGEM DE NOSSA SENHORA DAS DORES

            (Maria Santíssima): “Amados filhos, hoje, ficai Comigo aos Pés da Cruz de Jesus, para junto Comigo contemplarmos o Cordeiro de Deus, que Se imolou ao Pai para a Redenção e o Resgate de toda a humanidade, de todos vós.
            Estava Eu aos Pés da Cruz, vendo o Meu Divino Filho todo coberto de Chagas e Sangue. Ouvi os Seus últimos lamentos, percebi os frêmitos de febre e dor que percorriam todo o Seu Corpo. E junto com Ele, também Eu, sofrendo as Dores Místicas da Sua Paixão no Meu Corpo, oferecia ao Pai Celeste a Nossa Dor para que todos vós pudessem ser redimidos da escravidão do pecado e as Portas do Céu fossem abertas para vós...
            Sou a verdadeira Mãe Dolorosa de todos vós. Vós sois os Meus filhos, pois fostes gerados por Mim ao pé da Cruz de Jesus, vós sois o fruto das Minhas Dores. Sou a vossa Mãe Dolorosa ainda hoje, por ver que a humanidade mesmo depois de dois mil anos do Sacrifício do Meu Filho, ainda lhe volta as costas, não obedece a Sua Lei de Amor, não abre-lhe o seu Coração, a sua vida. Sofro ao ver como a sociedade rejeita o Evangelho do Meu Filho Jesus, Seus Mandamentos, a Sua Palavra e como cada vez mais Ele ainda hoje: é negado, é traído, é crucificado e é morto por este mundo que se afastou de Deus!
Jesus é negado por aqueles que deveriam louvá-Lo, exaltá-Lo, glorificá-Lo, torná-Lo conhecido, aqueles que já são parte do Seu povo, aqueles que já são parte de Sua família e que, no entanto com o Seu modo mau de viver negam-No, blasfemam-No e atraiçoam-No... Sim! Jesus é traído e negado, por aqueles que deviam lutar por Ele, lutar pelos Seus interesses divinos, lutar pela verdade, lutar para instaurar o Seu Reino de Amor sobre a Terra. Mas, pensam unicamente em si mesmos, na satisfação de suas vontades, na realização dos seus projetos pessoais, não se importando que tantas almas vão à perdição todos os dias... e que o Meu Filho Jesus continue sendo crucificado novamente em cada alma que vive em pecado e se perde. Estes que deveriam ser os Seus Apóstolos, são ainda hoje os Judas que o traem, ainda são outros tantos Apóstolos que o negam para não desagradar a esta sociedade pagã e ateia na qual viveis atualmente.
            Jesus ainda é crucificado, por todos aqueles que mesmo conhecendo a verdade atraiçoam-na, deturpam-na, distorcem-na, esmagam-na, despedaçam-na, para viverem na mentira e para deixarem com que as almas vão à mentira, vivendo nela, crescendo nela e morrendo espiritualmente nela  a cada dia, até não terem mais salvação! Estes crucificam o Meu Filho de novo e renovam a Sua Paixão.
            Ainda hoje Eu Sou a vossa Mãe Dolorosa por ver que as crianças e os jovens desde cedo já são encaminhados a precoces experiência de mal, tem as suas almas mortas pela maldade, pela impureza, pelo pecado, pelos vícios, pela violência, pelo ateísmo, pelo afastamento de Deus que é a origem de todos estes males. E como cada vez mais satanás tem se apoderado da infância e da juventude, para os seus projetos malignos.
            Eu venho para chamar-vos a consolardes o Meu Coração e a aliviardes a Minha tão grande Dor, trabalhando intensamente pela conversão e pela santificação de todas as crianças e jovens, conduzindo-as pelo caminho da santidade, da oração, da bondade, da pureza do amor. Para que assim, verdadeiramente nestes pequeninos o Meu Coração Imaculado triunfe e ainda possa fazer sair deles o mais perfeito hino de louvor ao Senhor.
            Ainda hoje, Sou a vossa Mãe Dolorosa ao ver o quanto as famílias, o quanto a igreja e a sociedade estão repletas de chagas dolorosíssimas, de desunião, de violência, de egoísmo, de maldade, de indiferença, de afastamento de Deus e de tantas outras coisas que o Meu inimigo introduziu no meio de vós no mundo, para levar o mundo inteiro à condenação.
            Eu vos peço Meus Filhos, que vos unais Comigo na Oração, no Sacrifício, na Penitência e no Amor... para que juntos transformemos estas feridas quer hoje desfiguram as famílias, a Igreja e a sociedade para que nelas possam novamente resplandecer: o fulgor da graça de Deus, da glória do Senhor, da beleza do Seu Nome e da Sua própria Paz.
            Ainda hoje Eu Sou a vossa Mãe Dolorosa ao ver que tantos dos Meus filhos continuam indo pelo caminho da condenação, apesar das Minhas numerosas Aparições no mundo todo, das Minhas Lacrimações até de Sangue, das Minhas Aparições tão prolongadas aqui já por mais de dezenove anos. E que tantas almas se perdem todos os dias, porque não há quem reze, quem se sacrifique por elas, quem leve as Minhas Mensagens de Amor a elas.
            Levantai-vos filhos Meus! Meus verdadeiros discípulos e apóstolos! Levantai-vos para consolar o Meu Coração e então, Me dareis verdadeiramente a maior alegria, que podeis Me ofertar. A alegria de ver-Me verdadeiramente obedecida, seguida por todos vós, imitada por todos vós... Desta forma, tirareis do Meu Coração as espadas de Dor que o transpassam e colocareis no lugar uma coroa de flores, tirareis os cravos do Meu Jesus e colocareis no lugar destas feridas do Meu Jesus o bálsamos mais precioso, o bálsamo mais suavizador, o bálsamo mais querido que é: o do vosso amor, da vossa obediência total e da vossa fidelidade aos Nossos Sacratíssimos Corações.
            Eu estou convosco todos os dias, Eu estou junto de vós quando sofreis, quando estais no calvário. Lembrai-vos de Mim, de Minha constância junto à Cruz nos momentos em que sofreis e vós também tereis força e ânimo para sofrerdes e oferecerdes os vossos padecimentos pela salvação da humanidade. Esses padecimentos que Me ofereceis, apressam e muito o momento do Meu maior Triunfo, que já não está longe de vós.
            Avante Meus filhos! Em breve, o calvário do vosso tempo, esse calvário que vós os bons, os inocentes, que Me amam, os que Me obedecem, esse calvário de dor, de sofrimento quer vós passais e que vós viveis... brevemente dará lugar à Glória e à Alegria da Ressurreição.
            A todos, neste momento, abençoo generosamente...”


JACAREÍ, 03 DE ABRIL DE 2010
SÁBADO SANTO- SOLEDADE DE NOSSA SENHORA DAS DORES
MENSAGEM DE NOSSA SENHORA DAS DORES

            (Maria Santíssima): "Filhos Meus muito amados, Eu Sou a Senhora da Soledade. Neste dia de Sábado Santo permaneci sem o Meu Filho JESUS, separada Dele, que jazia morto no Sepulcro...
            Eu Sou a Mãe da Solidão ainda hoje, porque muitos dos Meus filhos, diferentemente do Meu Jesus, afastam-se de Mim, separam-se de Mim pelo pecado, pela desobediência aas Minhas Mensagens e à Santa Lei de Amor do Senhor: porque não Me querem como Sua Mãe em suas vidas, porque amam mais as coisas terrestres do que as Celestes, porque preferem mais os amores das coisas passageiras da terra, do que no Meu eterno Amor materno.
            Ainda hoje Eu Sou a Mãe da Dor e da Solidão, porque separam de Mim inumeráveis crianças e jovens, desde novos já levados por essa sociedade pagã e contraria à Lei e à vontade do Senhor, à precoces experiências de mal, a viverem como pequenos pagãos completamente afastados de Deus, de Seu conhecimento, de Sua Palavra, da Oração, do conhecimento de Mim mesma, da Oração do Rosário, do Meu Rosário, das Minhas Mensagens. Essas crianças e jovens separados de Mim, por uma educação paga, dessa sociedade das famílias, são a causa da Minha grande dor, são uma chaga aberta no Meu Coração Materno que sangra sem cessar.
            Eu Sou a Mãe da Solidão, por tantas famílias que se afastaram de Mim, que se separam de Mim porque não rezam mais o Rosário, porque se entregam a toda sorte de prazeres e divertimentos, porque só procuram ter, só procuram ajuntar coisas e não pensam nenhum instante na salvação de sua alma, no amor que devem ao Meu filho Jesus que doa a Sua vida para salvação de todos, no Amor do Meu Coração de Mãe que aceitou uma vida de tantos desassossegos e aflições para a salvação de todos. Essas famílias constituem uma chaga dolorosíssimas que o Meu inimigo infligiu ao Meu Coração para Me fazer cambalear, por mostrar-Me que dominou todas as famílias da terra. E é por isso que Eu Sou a Mãe da Dor e da Solidão e renovo ainda hoje o Meu urgente chamado a todas as famílias:
Convertei-vos sem demora, voltai ao Meu Rosário, voltai à oração.
            Aceitai e obedecei as Minhas Mensagens, para que possais ser todas salvas e curadas: da chaga da desunião, da chaga do divórcio, da chaga da discórdia, da violência, do egoísmo. E assim através de vós o mundo e a igreja possam também ser curados e salvos, da chaga da apostasia, da chaga da maldade, do egoísmo, da guerra, da própria autodestruição que os homens estão construindo dia-a-dia, com as suas próprias mãos.
            Eu Sou também a Mãe da Espera, assim como neste dia esperei na Fé, no Amor, na Oração e na firme esperança a Ressurreição do Meu Filho Jesus, também Eu hoje estou esperando jubilosa, esperançosa, a Sua Segunda Ressurreição, ou seja, a volta do Meu Divino filho Jesus Cristo na glória, que em breve acontecerá e que renovará os Céus e a Terra.
            Sim, assim como fui a Mãe da Primeira Ressurreição, a Mãe que esperou a Primeira Ressurreição, Eu Sou a Mãe que espera o Segundo surgimento do Meu Filho Jesus, que virá sobre as nuvens do Céu para julgar vivos e mortos e para restaurar os Céus e a Terra. Tal como João, tal como Madalena, Verônica e as pias Mulheres esperai Comigo também: na oração, no silencio, na penitência, na obediência às Minhas Mensagens, no cumprimento de tudo o quanto aqui Eu vos tenha pedido porque em breve Meus filhos, sereis libertados.
            Se perseverardes até o fim sereis coroados, se fordes verdadeiros amigos de Jesus e Meus até o fim, porei em vossa fronte o Diadema da Vitoria. Se fordes constantes mesmo na dor e no sofrimento a tudo aquilo que Eu vos tenha pedido nestes quase vinte anos de Minhas Aparições Aqui, colocarei em vossas mãos uma palma como se tivessem sido mártires.
            Se aceitardes sofrer Comigo a exclusão, a solidão de que sois vitimas, porque Me seguis, porque obedecei as Minhas Mensagens. Oh sim! Eu vos incluirei no número dos mártires, porei em vossas mãos a Palma dos Mártires. Sim Meus filhos, imitai-Me, pois Eu Sou a Rainha dos Mártires e tudo sofri resignada por Amor ao Meu Jesus, por Amor a Deus, por amor à salvação de todos vós. Se vós também aceitardes sofrer Comigo por amor ao Senhor e também para a salvação de tantas almas, que correm o risco de se condenarem, vós sereis como Eu colocados no número, no Coro dos Mártires.
            Avante Meus filhos! Estou convosco em todos os momentos de vossa vida! Nos momentos mais difíceis estou mais pronta, mais próxima e mais inclinada do que nunca às vossas almas, aos vossos sofrimentos, às vossas dores e lágrimas. Vós Meus filhos, que Me seguis, que obedeceis Minhas Mensagens e que vindes aqui sempre, especialmente aos sábados Me consolar recebereis agora a indulgência plenária do Meu Coração, que prometo a todos os que Me honram, a todos os que Me vem consolar aqui a cada sábado. Em vós Meus filhos que Me amais, que Me obedeceis, que Me seguis plenamente, Sou consolada, Sou confortada. Em ti Marcos, Meu filho predileto, que nunca Me decepcionou, que sempre Me deu gosto, consolo e felicidade, Sou plenamente consolada. E nos meus filhos todos que deram a Sua vida contigo aqui para Mim, consagrados ao Meu serviço e naqueles que Me obedecem completamente, Sou verdadeiramente consolada, glorificada e muito, muito amada...
            A todos, a todos vós, generosamente abençoo.”

            (Marcos): Sim Senhora! Sim Minha Mãe! Até... até amanhã... Adeus, até breve, até amanhã... Sim...”


JACAREÍ, 04 DE ABRIL DE 2010
DOMINGO DE PÁSCOA- RESSURREIÇÃO SENHOR JESUS CRISTO e COROAÇÃO DE NOSSA SENHORA DAS DORES
MENSAGEM DE NOSSA SENHORA, SANTA IRENE E SANTA PATRÍCIA

            (Maria Santíssima): "Amados filhos Meus, Eu Sou a Mãe jubilosa da Ressurreição. Neste dia de Páscoa vi o Meu Divino Filho ressuscitado, glorioso e mais brilhante do que mil sois juntos. Ele ressuscitou antecipadamente daquilo que Ele havia prometido em atenção aos Meus rogos incessantes e às suplicas que Eu fazia para que Ele não se demorasse a vir consolar a Minha alma, a vir dar à alma de Sua celestial Mãe e esposa o Seu abraço de amor.
            O Meu Jesus ressuscitou para vos dar a nova vida da Graça, por isso Eu Sou a Mãe da Graça. É Minha Missão Materna dá-la, comunicá-la e dispensá-la à todos os Meus Filhos, para que todos vivam uma verdadeira vida em Deus, uma verdadeira vida em Cristo, na Sua graça, na Sua lei e no Seu amor.
            Na Luz do Ressuscitado, deveis viver. Na Luz de Jesus Ressuscitado deveis amar e sofrer. Na Luz de Jesus Ressuscitado, deveis caminhar cada dia mais na direção do cumprimento da vontade do Pai e do Seu divino beneplácito. Na Luz de Jesus Ressuscitado, devem transcorrer todos os dias de vossa vida procurando sempre mais aquilo que mais Lhe agrada, fugir daquilo que O ofende, daquilo que renova a Sua Paixão, daquilo que O desagrada, e forma que a vossa vida seja cada vez mais vivida na luz da ressurreição do Meu Divino Filho.
            Neste dia, em que o Meu Filho ressuscitou para verdadeiramente encher com Sua luz e Sua vida divina todas as coisas, generosamente a todos vós abençoo neste instante.”

            (Santa Irene): “Amados irmãos Meus, Eu Irene, serva do Senhor e de Maria Santíssima novamente vos saúdo. Que felicidade poder rever-vos aqui! Desejo continuar instruindo-vos sobre como alcançar a verdadeira paz do coração, como conservá-la, mantê-la e aumentá-la em vós.
            A verdadeira paz do coração não é dada àqueles que fazem concessões a si mesmos e ao mundo, àqueles que não sabem morrer perfeitamente para si mesmos e sua vontade, àqueles que tem medo do amor de Deus, ou seja, não se entregam totalmente ao amor de Deus com medo do que este amor irá realizar em suas vidas, das transformações que operará, dos sacrifícios que exigirá, das renúncias que pedirá, do esforço que solicitará para que verdadeiramente a alma possa viver em paz com Deus, consigo mesma, com o próximo e com a Sua santa lei de amor, a lei de amor do Senhor.
            Está escrito na santa Palavra de Deus 'que os tímidos não levarão a salvação', ou seja, que aqueles que conhecem a vontade de Deus, conhecem o que Deus quer deles, foram chamados a serem filhos prediletos do Senhor para conhecê-lo e a segui-lo bem de perto, a sentar-se na Sua mesa com Ele e a comer lado a lado com Ele o Pão do Seu amor, e essas almas por medo daquilo que o Senhor quer delas, daquilo que o Senhor lhes pede, daquilo a que       Ele as chama, essas almas fogem, essas almas não aceitam o que Deus lhes propõe, o que Deus lhes oferece, essas pessoas nunca terão paz, nem na sua alma, nem na sua consciência, nem no seu coração, nem na sua vida, pois, furtando-se, esquivando-se, fugindo, resistindo à vontade do Senhor é impossível ter e conservar a verdadeira paz. Por isso, chamo-vos irmãos Meus, abri vossos corações. Abraçai o Amor de Deus. Aceitai Sua Vontade, Seu Plano Adorável sobre vós. Dizei-lhe o vosso sim para que se cumpra em vós a Sua vontade plenamente, e então, vos asseguro: a paz do Céu vos envolverá de tal maneira que vós verdadeiramente exclamareis: ‘Senhor, nado na paz da vossa graça, da vossa cruz, da vossa vitória e do vosso amor.’
            A todos neste momento abençoo generosamente.”


            (Santa Patrícia): “Amados irmãos Meus, Eu, Patrícia, estou felicíssima por vir aqui hoje dar-vos a Minha primeira Mensagem, apesar de já estar aqui desde sempre presente neste Lugar eleito e onde Nós, Nós, todos os Santos de Deus habitamos e acolhemos as vossas orações todos os dias, noite e dia.
            Meus irmãos, abri o vosso coração ao Amor de Cristo, que não poupou-Se a si mesmo até dar a Sua vida totalmente por vós na cruz. O Senhor esvaziou-se completamente de si mesmo, a Senhora das dores esvaziou-se completamente de si mesma a tal ponto que nos Seus Corações só havia o imenso e infinito amor, a infinita caridade que Eles tinham por Deus e por vós.
            Este Amor(Jesus e Maria) que se entregou por vós na cruz, este Amor que deu a vida para que todos vós saísseis da morte eterna e pudéssemos encontrar a vida, este Amor deseja entregar-se, comunicar-se, doar-se a cada um de vós. Mas, com o coração cheio das coisas terrestres e passageiras, dos apegos às coisas deste mundo não será possível recebê-Lo. Por isso peço-vos: esvaziai o coração, lançando fora dele todo o amor de vós mesmos, todo o apego à própria vontade, toda a soberba, toda a vaidade, todo o apego desordenado às criaturas, para que verdadeiramente nas vossas almas só haja espaço, abertura e lugar para o Amor de Deus. Vede Meus irmãos, que Cristo deu a Sua vida por vós como o rei mais extremoso, como o pai mais amoroso, como o irmão mais cheio da verdadeira caridade. Enquanto os reis mandam os seus súditos à luta para salvar seu reino e até a sua vida, a sua coroa, Cristo depôs a Sua Coroa de lado no Céu, desceu dele para habitar na Terra e no meio de vós, juntamente com Sua Mãe Santíssima. E os dois deram a vida, para que todos vós, seus súditos, pudésseis sair da morte eterna e encontrar a verdadeira vida em Deus.
            Que Amor mais extraordinário o Senhor e a Sua Mãe tiveram por vós! E com quão pouco amor vós Os tendes correspondido, servido, amado até agora. Não Os façais sofrer mais! Abri vosso coração. Entregai-vos completamente e segui com passo firme e decidido no caminho do verdadeiro Amor ao Senhor e à Sua Mãe para que não vos torneis réus daquele pecado em que inumeráveis almas já caíram, que foi o de perder o amor e a escolha divina sobre elas porque amaram a si mesmas mais que a Deus e a Sua Mãe e porque se preferiram a si mesmas do que a Eles.
            Chamo-vos amados Meus a este verdadeiro amor, posso e quero dá-lo a vós. E aqueles que se consagrarem a Mim, que Me pedirem este amor, que solicitarem a Minha ajuda, Eu o darei.
            Continuai com todas as orações que Eu, o Céu, vos dei aqui. A Oração é Amor que sobe ao Céu, disse-vos Aqui a Senhora e é verdade: Oração é Amor que sobe ao Céu. Oração é coração esvaziado que sobe ao Céu. Oração deve ser coração desprendido da Terra para que possa então, enfim, tornar-se leve e subir ao Céu. Oração é amor divino em pura transformação que desce do Céu à Terra para a alma que o quer, que o busca, que o pede e que por ele suspira.
            Continuai com todas as orações que a Senhora Santíssima vos deu aqui, pois essas Orações tem a propriedade de esvaziar, abrir o vosso coração. Se ele tiver o mínimo de boa vontade e se ele quiser verdadeiramente esvaziar-se, então, essas orações tornarão vossas almas e corações leves, desprendidos de tudo quanto puxa para a terra e pesa a alma. Então vossas almas voarão céleres na direção do Sol, do infinito amor de Deus. Eu estou convosco em todos os momentos e nunca, nunca vos deixarei, se vós também nunca Me deixardes.
            A todos, neste momento, com amor, abençoo.
            Abençoo-te também Marcos. Tudo foi muito bem explicado por ti. Dou-te as Minhas felicitações cavaleiro da Imaculada, servo do Deus Altíssimo, amigo dos Anjos e dos Santos e querido Meu.”


JACAREÍ, 11 DE ABRIL DE 2010
FESTA DA DIVINA MISERICÓRDIA
(REVELADA À VIDENTE SANTA FAUSTINA KOVALSKA NA POLÔNIA)
MENSAGEM DE JESUS MISERICORDIOSO

            (Marcos): “Sim, Meu Senhor... Sim...”

            (Nosso Senhor): “Filhos muito amados do Meu Sagrado Coração. Hoje, com amor vos abençoo a todos. Derramo sobre vós as graças eficazes da Minha Divina Misericórdia, para purificar-vos, para encher-vos de graça, para elevar-vos cada vez mais ao alto, a fim de que chegueis a Mim, a fim de que possais unir-vos Comigo e viver em Mim.
            Hoje recordais as Minhas Aparições à Minha Filhinha Faustina Kowalska, durante tantos anos na Polônia, à qual Eu confiei as Minhas Mensagens de amor, as Mensagens sobre o abismo insondável da Minha bondade e da Minha misericórdia e o chamado a toda a humanidade. Para que ela voltasse a Mim, retornasse aos Meus Braços com confiança voltando-se para a Minha Divina Misericórdia. Mas os Meus Apelos, os Meus Chamados foram em vão para muitos porque a maioria da humanidade não acolheu o Meu convite, a voltar a Mim O Senhor da sua salvação e da sua paz, por meio da porta da Misericórdia, que Eu tão generosamente abri para o mundo inteiro através da Minha Filhinha Santa Faustina e por meio da qual, ofereci à humanidade todo o Oceano da Minha Misericórdia. Efetivamente, a humanidade continuou a trilhar pelos caminhos do pecado, da morte, da violência, do egoísmo, da apostasia, do ateísmo e de tantas outras coisas satânicas que o Meu inimigo ofereceu ao homem e o homem porque não Me amava, porque tinha o seu coração endurecido, aceitou. Muitos efetivamente, preferiram as trevas do que a Deus e porque a humanidade continuou caminhando por esse caminho de autodestruição, de pecado e de morte, tantas e tantas almas perderam-se para toda a eternidade.
            Muitas almas poderiam ter sido salvas se as Mensagens que Eu confiei à Minha Filhinha Faustina, sobre a Minha Bondade e sobre a Minha Misericórdia tivessem sido comunicadas, transmitidas e anunciadas ao mundo.
Mas o que fizeram aqueles que deviam propagar as Suas Mensagens? Negaram-Nas, perseguiram-Nas, proibiram-Nas, calaram-Nas e esconderam-Nas. Por isso, tantas e tantas almas se perderam para sempre, abrindo no Meu Coração, uma Chaga Dolorosíssima que O faz sangrar de tristeza e dor. Vós Meus Filhos, deveis consolar o Meu Coração, fechar as Chagas que foram abertas Nele, pela perda de tantas almas: com o vosso amor, com a vossa devoção à Minha Divina Misericórdia, com a vossa entrega total, a entrega total da vossa vida ao Meu Coração, que há tantos anos aqui vos tenho pedido. Somente desta forma, vós fechareis as feridas do Meu Coração, com o bálsamo do vosso amor e então fareis Meu Coração exultar de alegria.
            O Mundo não mudou nada desde que Eu adverti a Minha Serva Faustina Kowalska e porque não mudou nada, porque sempre vai piorando mais, porque se faz cada vez mais surdos à Minha Voz, é que Eu vou mandar aquele grande Castigo que Eu predisse à Minha Filha Faustina. Sim, Eu mandei o Dia da Misericórdia, mas não quiseram. Vou mandar, portanto, o Dia da Justiça, do qual ninguém poderá escapar e quão grande será essa Justiça para os homens.
            Eu abri a porta da Misericórdia, Eu tenho deixado esta porta da Misericórdia aberta para toda a humanidade, porta esta que é a Minha própria Mãe Santíssima nas Suas Aparições Aqui e em tantos Lugares da Terra continuamente advertindo-vos, avisando-vos, chamando-vos, lutando por vós. Mas os homens não tem querido entrar por esta Porta, rejeitam a Minha Mãe, rejeitam as Suas Mensagens, brincam com e Elas, não se entregam à minha Mãe, não se consagram à Minha Mãe, resistem à Minha Mãe, resistem ao Meu Espírito Santo. Por isso, em breve Eu fecharei a Porta. Em breve a Minha Mãe Se retirará, Se recolherá e não ouvireis mais as Suas Mensagens. Então, abrirei a Porta da Minha Justiça e farei todos aqueles que fecharam o coração para a Minha Mãe e para Mim entrarem por Ela e depois de terem entrado por ela, serão introduzidos no mar de fogo e enxofre que jamais se apagará, onde haverá choro e ranger de dentes para sempre.
            Depressa Meus filhos, o tempo está se esgotando, Minha Misericórdia para vós ainda está sendo oferecida todos os dias, desde o alto do Céu. Abri os vossos corações e se Eu escutar de vós o vosso sim virei a vós apressadamente, mais rapidamente que o vento, vos envolverei, vos abraçarei e vos introduzirei no Meu oceano de Misericórdia e ali ficareis muito mais intimamente unidos a Mim, do que a criancinha no ventre da Sua Mãe.
Continuai com todas as Orações que Eu vos dei aqui, que a Minha Mãe vos deu aqui, pois através delas derramo em vossas vidas cotidianamente um rio insondável de Misericórdia.
            Eu quero o vosso Coração! Dai-Me o vosso sim, tu filho Meu que Me ouves agora, quero o teu Coração, quero ser o teu Senhor, quero governar-te, quero dirigir-te, quero unir-Me de um modo tão ardente, tão profundo e admirado contigo que tu como um metal lançado na fornalha, derreta-se em Mim e possa fundir-se em Mim. Dai-Me teu coração e Eu nesta mesma hora nele entrarei...
            A todos, abençoo generosamente neste momento.”

            (Marcos): “Eu continuarei sim... (pausa) Sim, como O Senhor quiser. Muito obrigado! Do fundo do Coração, muito obrigado! (pausa) Sim Meu Jesus, sabeis que sou todo vosso e serei sempre vosso, sempre vosso! (pausa)  Sim, juntos... Nós, sempre! (pausa)  Até breve!

A Aparição finda-se, os sinos tocam na capela e os peregrinos aplaudem.
O Vidente Marcos Tadeu finaliza cantando:

“Misericórdia, o Amor de Deus que me salva
Que sempre acolhe minh’alma
Doce esperança do pecador!
Misericórdia, o Amor de Deus que me  acolhe
Que sempre cura a minh’alma
Cuida de mim meu Senhor!


JACAREÍ, 18 DE ABRIL DE 2010
MENSAGEM DE SÃO JOÃO MARIA VIANEY - CURA DAR'S

            “-Amados irmãos Meus, Eu, João Maria Vianney, venho a vós hoje com o Meu coração cheio de graças e bênçãos para derramar sobre vós. Vós sabeis que Eu amei muito o Senhor, que amei muito a Maria Santíssima e também as almas que tão preciosas e caras são para Eles.
            Amados irmãos, sobre essa Terra nada é mais importante do que salvar a pobre alma e chegar até o Céu. Ilusões passageiras e tentações enganadoras são os apegos, as riquezas e as vanglórias deste mundo. Ai da alma que desprezar o amor de Deus, que descuidar de sua salvação para viver unicamente para conquistar as coisas vãs, as riquezas e as honras desta Terra, porque na hora de sua morte a sua aflição, o seu desespero por ver que tornou inútil toda a sua existência será imenso, pois a Palavra de Nosso Senhor jamais passará e Ele disse:
‘De que adianta o homem ganhar o mundo inteiro, se vier a perder a sua alma?’
            Verdadeiramente, de nada adianta o homem ser cortejado, ser um grande milionário, possuir todos os bens, ter todos os títulos honrosos da face da Terra se não tem amor a Deus, se não tem amor ao próximo e à salvação das almas, se não possui as virtudes, se não sabe o que é pobreza, o que é castidade, o que é obediência ao Senhor, o que é humildade, o que é amor. O filho das trevas vive unicamente para as coisas vãs. O filho da luz vive unicamente para as coisas santas, para as coisas celestes. Na alma que ama verdadeiramente o Senhor, reconhece-se o amor verdadeiro, reconhece-se que veio da luz, que ama a luz e por isso procura estar sempre na luz. No filho das trevas reconhece-se o amor ao pecado, o amor às coisas vãs, o amor ao mal e à própria corrupção, por isso não se aproxima da luz para que ao ser iluminado por ela suas obras más não sejam descobertas.  Por isso convido-vos a viverdes sempre na luz, na luz do Senhor de modo que toda a vossa vida seja uma luz refulgente e esplendorosa, que possa iluminar os corações que ainda estão nas trevas, para que eles vendo a luz caminhem na direção da luz.
            Vivei na luz do Senhor, procurando cada dia mais viver unidos a Ele pela oração profunda, pela união da vossa alma e do vosso coração com Ele, pela conformação da vossa vontade, dos vossos desejos e sentimentos com a vontade e os desejos do Senhor, de modo que em vós a vontade de Deus seja a única luz que vos alumia e que vos conduz.Vivei na luz do Senhor constantemente em oração, fazendo penitência dos vossos pecados e procurando todos os dias vencer os vossos defeitos e assim melhorardes como pessoas e como cristãos que sois, de modo que na vossa vida todos possam ver a presença da graça de Deus, do amor de Deus, possam admirar a perfeição e a beleza de Deus, possam glorificar o Seu Nome, glorificar quão justa, perfeita e santa é a Sua Lei de amor e a Sua vontade e assim todos queiram também como vós caminhar na luz do Senhor.
            Caminhai na luz do Senhor, procurando sempre mais doar-vos à Sua vontade, ao Seu plano de salvação e avançando sempre mais com maior generosidade no caminho da vossa entrega total ao Senhor, de modo que sejais verdadeiros servos Dele, verdadeiros filhos Seus que cuidam de Sua vinha, ou seja, das vossas próprias almas e das almas dos vossos irmãos, de forma que, vós um dia possais ser chamados por Ele de ‘verdadeiros filhos’  e assim possais receber a recompensa eterna que Ele vos prepara no Céu. Se caminhardes na luz do Senhor, dareis frutos de salvação cem por um e em vossa vida se verá a verdadeira e maravilhosa graça do Senhor operando toda sorte de prodígios que glorificarão o Nome Dele e que farão resplandecer sobre vós, sobre o mundo inteiro, o fulgor de sua graça salvadora.
            Caminhai na luz do Senhor a cada dia, fazendo com que cada vez mais os corações se abram para o Seu amor, para a Sua verdade, para a salvação. Derramai o bálsamo do verdadeiro amor, da graça de Deus em tantas feridas abertas em tantos corações, para fechá-las e para fazer com que todos gozem de perfeita saúde espiritual. Levai o amor do Senhor e da Virgem Santíssima, levai a Sua graça, levai a luz da Verdade para todos os corações que ainda estão debaixo do jugo de Satanás na mentira, na ilusão das coisas vãs deste mundo, no pecado, na morte, na violência e no mal. Assim, verdadeiramente, caminhareis na luz, vivereis na luz e fareis com que todos também caminhem e vivam nela, de modo que sejais reconhecidos todos como verdadeiros filhos da luz.
            Eu estou convosco em todos os momentos e nunca vos deixo. Se vós não Me deixardes nunca vos deixareis. Se não Me virardes as costas e não Me fechardes os vossos corações, não fecharei o Meu para vós. Enquanto ainda é dia trabalhai, Meus irmãos, porque a noite vem depressa, a vida passa como um dia que se acaba e logo vem a noite da eternidade que não terá mais aurora. Por isso, trabalhai depressa, ajudai os Sacratíssimos Corações nessas Aparições de Jacareí a fazerem a Palavra Deles chegar a todos os corações para que todos se convertam e todos caminhem na luz, sejam salvos pela luz.
            A todos neste instante, generosamente abençoo com amor.”

            (grande pausa)

            (Marcos): “Até breve! Volte breve amado São João Maria Vianney! Volte breve, sim?!”


JACAREÍ, 25 DE ABRIL DE 2010
MENSAGEM DO ANJO SÃO CHAMUEL

            (Marcos): “Sim, estou pronto.”

            (Anjo são Chamuel): “Marcos, Eu Sou o Anjo Chamuel, venho trazer a paz e a benção do Senhor para todos vós.
            O amor não se contém em si mesmo, busca sempre mais expandir-se, doar-se, alargar-se em desejos e obras de tornar o ser amado cada vez mais contente, satisfeito e engrandecido. O amor não se contém em si mesmo, quer transmitir-se aos outros corações para que todos sintam como ele e também queiram amar o Senhor como ele. Este é o verdadeiro amor quando está presente num coração que o possui. Não se contém em si, procura difundir-se, procura expandir-se nos outros corações e conquistá-los todos para o seu Senhor. Nada reputa por difícil, por amargo, nem duro demais no serviço e no trabalho de tornar o seu Senhor mais amado, mais conhecido, mais obedecido e servido.            Era este amor que ardia no coração da Virgem Maria, era o que ardia no coração de São José e nos corações de todos os Santos. Se vós abrirdes os vossos corações para esse amor e acolherdes nele este amor, ele vos impelirá sempre mais na procura do cumprimento do divino beneplácito do Senhor e também na conquista de outras almas que quererão juntamente convosco: amar o Senhor, servir o Senhor, glorificar o Senhor e doar-se, entregar-se completamente ao Senhor. Para que tenhais este amor em vós é preciso que vós lanceis fora do coração o amor do mundo, o amor e o apego às criaturas e coisas passageiras. Deveis esvaziar-vos completamente de vós, deveis querer ter uma vida simples, humilde e buscar unicamente amar o Senhor, cumprir a sua Lei e fazer aquilo que Lhe agrada.           Se vós seguirdes por esta via de simplicidade pela qual tantos santos seguiram, vós verdadeiramente vereis crescer em vós o verdadeiro amor, sentireis em vós o verdadeiro amor e verdadeiramente fareis o amor triunfar na vossa vida, na vida dos que vos cercam e no mundo inteiro.
            Eu, Chamuel estou convosco, vos ajudo, vos protejo, cubro-vos com o Meu escudo de luz, ilumino-vos com a Minha santidade, aqueço-vos com o Meu carinho, abraso-vos com o Meu amor. Àqueles que Me chamarem darei a Minha mão e conduzirei seguramente ao Céu.
            A paz Marcos, a paz a todos vós.”



Participe das Aparições e orações do Santuário. Informe-se pelo TEL: (0XX12) 9 9701-2427
TRANSMISSÃO AO VIVO DOS CENÁCULOS TODOS OS DIAS.
SÁBADOS ÀS 15:30HS – DOMINGOS ÀS 10HS.