O Menino Jesus, sobre as palhas, ensina-nos a Mortificação - Santo Afonso Maria de Ligório





Et reclinavit eum in praesepio – “E reclinou-o numa manjedoura” (Jo 2, 7)
Sumário. Visto que Maria não tinha nem plumas nem lã, para preparar um leito conveniente para o seu tenro Filhinho, estende um pouco de palha numa manjedoura e nela reclina o Menino recém-nascido. Quão duro não devia ser tal leito aos membros delicados de Jesus Cristo!… Mas Jesus quis sofrer isso afim de remediar assim os pecados, que causaram a perdição do mundo, e começar desde o berço a ensinar-nos o amor dos sofrimentos e a mortificação dos sentidos. E depois de tal exemplo continuaremos a acariciar esta carne rebelde ?


I. Jesus nasce na gruta de Belém. Já que a pobre Mãe não tem nem lã nem plumas para preparar um leito conveniente para o seu tenro Filhinho, que faz? Estende um pouco de palha numa manjedoura e nela reclina o Filho recém-nascido: Et reclinavit eum in praesepio. Mas, ó Deus, tal leito é duro e penoso demais para um menino que acaba de nascer. Os membros de uma criança são demasiado delicados, e especialmente os de Jesus, feitos pelo Espírito Santo extremamente delicados, afim de que fossem mais sensíveis às dores: Corpus autem aptastit nihil — “Formaste-me um corpo” (1). Pelo que lhe foi em extremo doloroso um leito tão duro.
Foi uma dor e uma ignomínia. Pois, que filho de um homem, da mais vil condição que seja, é colocado, logo depois de nascido, sobre a palha? A palha é leito próprio dos animais; e o Filho de Deus não tem na terra outro leito senão a palha! Quando um dia São Francisco de Assis estava sentado à mesa, ouviou ler estas palavras do Evangelho: “Reclinou-o numa manjedoura”; e disse: “Como? O meu Senhor está deitado sobre a palha, e eu hei de ficar sentado?“. Levantou-se logo, e terminou a sua pobre refeição sentado no chão, entre lágrimas de ternura ao contemplar o quanto devia sofrer Jesus Menino, deitado sobre a palha.
Mas porque é que Maria, que tanto tinha suspirado pelo nascimento do Filho, que tanto o amava, não o guardou nos braços em vez de o expor a tão grande sofrimento num leito tão duro? É um mistério, diz Santo Thomas de Vilanova: Neque illum tali loco posuisset, nisi magnum aliquod mysterium ageretur. Deste mistério há diversas explicações, mas entre todas mais me agrada a de São Pedro Damião. Jesus recém-nascido quis ser posto sobre a palha para nos ensinar a mortificação dos sentidos: Legem martyrii praefigurabat. O mundo havia-se perdido pelas satisfações dos sentidos; por elas se havia perdido Adão, e depois dele um sem numero dos seus descendentes até o dia de hoje. O Verbo eterno desceu do céu para nos ensinar o amor dos sofrimentos, e começou a no-lo ensinar desde criança, escolhendo para si os sofrimentos mais ásperos que uma criança pode suportar. — Foi, pois, ele mesmo quem inspirou a Maria, que em vez de o guardar nos seus tenros braços, o pusesse sobre aquele leito tão duro, afim de sentir mais o frio da gruta e as picadas da rude palha.
II. Ó terno amante das almas, ó amável Redentor meu, não Vos satisfazem a dolorosa Paixão que Vos aguarda, e a morte cruel da cruz que Vos preparam; quereis começar a padecer desde o primeiro momento da vossa existencial Sim, porque desde o vosso nascimento quereis começar a ser meu Redentor e satisfazer pelos meus pecados à divina justiça. Escolheis palha por leito, para que me livreis do fogo do inferno, onde tantas vezes mereci ser precipitado. Chorais e gemeis sobre essa palha para me obterdes do vosso Pai, pelas vossas lágrimas, o perdão das minhas faltas.
Ah! Quanto me afligem essas lágrimas e me consolam também! Afligem-me pela compaixão que sinto ao ver-Vos, Menino inocente, sofrer tanto por crimes que não cometestes. Consolam-me, porque nos vossos sofrimentos vejo a minha salvação e o vosso imenso amor para comigo. Mas, meu Jesus, não Vos quero deixar chorar e sofrer sozinho; quero chorar convosco, pois só eu é que devo chorar os desgostos que Vos causei. Já que mereci o inferno, não recuso sofrimento algum, contanto que recupere a vossa amizade.
Perdoai-me, ó Salvador meu, restitui-me a vossa amizade, fazei que Vos ame e castigai-me segundo a vossa vontade. Livrai-me das penas eternas, e depois disponde de mim como quiserdes. Não Vos peço consolações nesta vida; é indigno delas quem teve a petulância de Vos ofender, ó bondade infinita. Pronto estou a sofrer todas as cruzes que me enviardes; mas quero amar-Vos, Jesus meu.
— Ó Maria, fiel companheira de Jesus em todas as suas dores, alcançai-me a força de suportar as minhas penas com paciência. Ai de mim, se, depois de tantos pecados, não sofrer alguma coisa na vida presente. E feliz de mim, se sofrendo puder acompanhar-vos, ó minha dolorosa Mãe, e ao meu Jesus, sempre aflito e crucificado por meu amor.
Referências:
(1) Hb 10, 5
CAMPANHA DO SILICONE PARA IMAGENS DE NOSSA SENHORA

"FAÇAM AS MINHAS IMAGENS. QUANDO VOCÊ TIVER FEITO UM CERTO NÚMERO DE IMAGENS O PODER DE SATANÁS SERÁ ABALADO E CERTAS OBRAS DELE CAIRÃO POR TERRA." (NOSSA SENHORA RAINHA E MENSAGEIRA DA PAZ NAS APARIÇÕES DE JACAREÍ)

AJUDE A OBRA DE SALVAÇÃO DA MÃE DE DEUS COLABORANDO NA CAMPANHA DO SILICONE (BORRACHA PARA FAZER MOLDES DE IMAGENS).

DOE R$ 70,00 PARA AJUDAR COM DOIS KILOS DE SILICONE

DOE R$ 105,00 PARA AJUDAR COM TRÊS KILOS DE SILICONE

SE VOCÊ DESEJAR TAMBÉM PODE CONTRIBUIR COM OUTROS VALORES MAIORES PARA MAIS SACOS DE GESSO, TINTAS, SELADORA, MADEIRA PARA MOLDE, PARAFUSOS, CATALISADOR DE RESINA, ETC

AJUDE DEPOSITANDO NA MINHA CONTA NO BANCO:

MARCOS TADEU TEIXEIRA
CAIXA ECONOMICA FEDERAL
AGENCIA 4068 OPERAÇÃO 013
CONTA POUPANÇA 0028760-5


SE PREFERIR TAMBÉM PODE DEPOSITAR NO BANCO DO BRASIL

Banco do Brasil
MARCOS TADEU TEIXEIRA
Agencia 0683 -1
Conta corrente 2176 -8


DEPOSITE NOS CAIXAS ELETRÔNICOS OU NAS LOTÉRICAS. NÃO É PRECISO VOCÊ TER CONTA NA CAIXA PARA DEPOSITAR. REPASSE PARA TODOS PARA QUE MAIS GENTE AJUDE.

O NOME DOS BENFEITORES DO SANTUÁRIO SERÁ COLOCADO NO ALTAR DE NOSSA SENHORA PARA RECEBER TODOS OS ROSÁRIOS QUE FOREM REZADOS NO SANTUÁRIO NA SUA INTENÇÃO E DE SUAS FAMÍLIAS.

OBRIGADO POR SUA AJUDA NA MINHA MISSÃO DE SALVAR ALMAS PARA DEUS E LEVANTAR A CASA DA NOSSA MÃEZINHA DO CÉU NOSSA SENHORA MENSAGEIRA DA PAZ!



Remessa Internacional ou Nacional

Conta Internacional do Santuário:


Agência: 0314
Operação: 003
Conta: 54870
Bic code (cefxbrsp)
Código do Banco: 00104
Caixa Econômica Federal